Nova York anuncia vacinação obrigatória para o setor privado

|


Unsplash
A cidade agora exige duas doses de vacina para nova-iorquinos com mais de 12 anos
A cidade agora exige duas doses de vacina para nova-iorquinos com mais de 12 anos
O prefeito de Nova York (EUA), Bill de Blasio, anunciou hoje (6) que será obrigatória a vacinação na cidade para trabalhadores e clientes que frequentam restaurantes (em áreas internas), locais voltados a atividades físicas e entretenimento.

A partir de 27 de dezembro, os nova-iorquinos com 12 anos ou mais deverão comprovar as duas doses da vacina, em vez de uma, exceto para aqueles que receberam a vacina Johnson & Johnson. Blasio também anunciou que os trabalhadores do setor privado serão submetidos a uma vacinação obrigatória, o que se aplicará a cerca de 184 mil empresas.

Além disso, Bill de Blasio anunciou que crianças de 5 a 11 anos serão obrigadas a se vacinar para participar de atividades extracurriculares de alto risco. Essas atividades incluem esportes, espetáculos de música e danças escolares. Este requerimento para a dose inicial da vacina entrará em vigor no dia 14 de dezembro.

“A cidade de Nova York não cederá na luta contra o covid-19. A vacinação é a saída para essa pandemia. As medidas são para encorajar os nova-iorquinos a manterem a si mesmos e suas comunidades seguras”, disse o prefeito Bill de Blasio. “De exigências no local de trabalho a incentivos de US$ 100 e ofertas de vacinas nas ruas e em casa, nenhum lugar no país fez mais para encerrar a era covid. E se você ainda não deu esse passo: não há melhor dia do que hoje para defender sua cidade”, completa.

A cidade irá emitir orientações adicionais de fiscalização em 15 de dezembro, junto com recursos para apoiar as pequenas empresas na implementação da obrigatoriedade da vacina. A prova de vacinação inclui um cartão de vacinação emitido pelo CDC, o Excelsior Pass do Estado de Nova York, o Clear Health Pass e o aplicativo NYC covid Safe.

Nova York administrou mais de 12,5 milhões de doses de vacinas. Quase 6,5 milhões de nova-iorquinos - incluindo 89% dos adultos - receberam, pelo menos, uma dose. Mais de 125 mil crianças de 5 a 11 anos também já receberam, pelo menos, uma dose.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA