Movida

Filip Calixto   |   16/08/2023 10:46   |   Atualizada em 27/09/2023 17:50

Direcionado a mulheres, Desert Women Summit tem Brasil como tema

Evento acontecerá em meio ao deserto do Marrocos, entre os dias 6 e 11 de setembro

Divulgação/Lékè
Janaína Araújo, presidenta da Lékè, empresa responsável pela organização do projeto
Janaína Araújo, presidenta da Lékè, empresa responsável pela organização do projeto

Acontece entre os dias 6 e 11 de setembro, em meio ao deserto do Marrocos, a quinta edição do Desert Women Summit. Totalmente direcionado a lideranças femininas, o evento deste ano tem como tema as mulheres do Brasil e trará debates sobre: empreendedorismo, políticas públicas, tecnologia, ESG, empoderamento feminino econômico e saúde integrativa – amor próprio, autoconhecimento, autoestima, desenvolvimento pessoal, equilíbrio mental e emocional.

Presidenta da Lékè, empresa responsável pela organização do projeto, Janaína Araújo, dá destaque para o bloco de debates que fala sobre saúde integrativa, em apresentações levadas pelo Núcleo Ser. "Geralmente as mulheres que marcaram presença nas edições anteriores do Summit são mulheres que prezam pelo cuidado com a saúde. Então mantivemos o yoga e as meditações no cronograma deste ano, vivências pensadas pelo Núcleo Ser, ideal para o centramento e autoconhecimento de todas. Temática que eu acredito muito: mente sã, corpo sano", comenta.

Janaína ainda lembra que esta é uma oportunidade de troca de conhecimento entre todas as participantes e palestrantes. "As mulheres que vão palestrar estão cada vez mais dentro da política brasileira, dentro dos círculos importantes e que podem trazer temáticas relevantes para uma troca entre nós. O Summit vem para transformar a vida de muitas mulheres, mais um start desse movimento de união".

Destino escolhido para o evento

Nesta edição do Women Summit a organização alega ter pensado em uma característica de desconexão da realidade, visto que o Marrocos é extremamente diferente do Ocidente.

As hospedagens do evento serão na rede hoteleira Xaluca, conhecida por ser a maior rede do Sul do Marrocos, com Tayeb Ettaiek, um marroquino, e Lluís Pont, um espanhol, à frente do negócio que equilibra a tradição e modernidade em uma série de hotéis desde 1988.

Entre os dias, as mulheres passarão pelos seguintes hotéis da rede: Kasbah Hotel Xaluca, Hotel Xaluca Arfoud e Acampamento Privado Xaluca.

"O Marrocos tem características fundamentais para a descoberta dessas mulheres. Visto que o deserto tem uma magia vibrante, uma energia de desconexão com o exterior e conexão consigo. Então, pra mim, o destino é a premissa número um para que esse evento seja um sucesso e alcance o propósito: autopercepção e entrega", argumenta Janaína.

Programação e Palestrantes

O calendário começa no dia 6, quando as convidadas chegam aos hotéis.

No dia 7, haverá as primeiras palestras com destaque para as participações do secretário de Turismo do Marrocos, além das palestras de Dirce Katayama, Tatyane Luncah, Luiza Trajano, Alexandra Segantin e Chieko Aoki.

O terceiros dia começa com café da manhã e meditação Chakra do Coração com Núcleo Ser. Na sequência acontece o painel de políticas públicas "Liderança feminina e o impacto nas políticas públicas". Em seguida haverá apresentações de Priscila Gama, Milena Pedrosa, Rogéria Pinheiro, Ligia Paula, Marina Barbosa, Ana Cabral, Lilian Leandro e Gabriela Lopes.

No dia 9 o tema ESG ganha papel especial com as falas de Julia Freixo, Núbia Lentz e Anália Ribeiro Belisa. Neste dia as participantes fazem ainda uma excursão no deserto, passeio de dromedário pelas Dunas de Erg Chebb e meditação guiada nas Dunas.

No quinto dia acontece a Master Class com Núcleo Ser e o Painel de saúde. Também estão agendadas as participações de Luciana Vendramini, Cristiane Morandin e Iza Arruda.

No dia 11 é o retorno ao Brasil.

Tópicos relacionados

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

Mais notícias