EVENTOS

30 anos da queda do muro de Berlim e o impacto do Turismo


Emerson Souza
Maíra Horner e Luisa Monteiro, do Consulado Geral da Alemanha, nas laterais de Margareth Gratham, da DZT
Maíra Horner e Luisa Monteiro, do Consulado Geral da Alemanha, nas laterais de Margareth Gratham, da DZT
No dia 9 de novembro de 2019 a queda do muro de Berlim completa 30 anos. Pensando nisso, a DZT promoveu um evento com o objetivo de informar mais sobre os ganhos para o Turismo e a importância desse setor para a Alemanha.

Após a queda, as fronteiras foram abertas e o mundo teve a oportunidade de conhecer a Alemanha. Hoje, o país oferece 20 mil hotéis, cerca de 1,5 milhão de leitos e mais de 300 restaurantes estrelados - perdendo apenas para França em estrelas.

"A queda foi um momento de muita felicidade e emoção para os habitantes, haviam famílias que não se viam há anos. O Turismo fez crescer cidades antes desconhecidas, como Oberammergau, onde acontece a cada dez anos uma encenação da Paixão de Cristo", comentou a diretora do Centro de Turismo Alemão para o Brasil, Margareth Grantham.

Para o turista brasileiro, a Alemanha passou a ser um destino de impacto depois da Copa de 2006. Desde então o número de visitantes não para de crescer. Hoje em dia, Berlim é a cidade que mais recebe brasileiros no país.

O muro


Hoje em dia não é possível encontrar algum pedaço do muro intacto, porém, há uma grande faixa no centro de Berlim com 5,7 quilômetros - feita de com duas fileiras de paralelepípedos rentes ao asfalto - que indica onde o muro ficava. Além disso, é possível fazer um tour de bicicleta, em uma ciclovia com mais de 100 quilômetros de extensão, conhecendo a história da Alemanha.

Existem museus, mostras artísticas e espaço reservados a contar esses momentos. Uma curiosidade é que no aniversário de 25 anos da queda, o Japão deu a Alemanha dezenas de cerejeiras e assim foi 'construído' o caminho das cerejeiras, hoje atração turística da cidade.

Conhecido como um povo que não esquece seu passado, os alemães promoveram diversos eventos durante esse ano, que celebraram a queda do muro. A programação especial se encerra no dia 9 de novembro.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA