EVENTOS

Bob Santos pede celebração por feitos dos últimos meses

O secretário nacional de Integração Interinstitucional do Ministério do Turismo, Bob Santos, aproveitou a cerimônia de abertura da 31ª edição do Festuris, em Gramado (RS), para exaltar as ações realizadas pelo governo federal desde o início do ano. De acordo com ele, o momento é de celebrar.

“Está na hora de passarmos a celebrar o que já foi feito nestes meses de novo governo, a começar pela manutenção do ministério do Turismo, que agora também incorpora a Secretaria de Cultura, dando mais musculatura e pujança à nossa pasta. Em 2019, a economia brasileira deve crescer 0,9%, mas o Turismo já está acima dos 3%. Imaginem em 2020, com as projeções nacionais sendo de um crescimento 2,32%”, declarou Bob Santos.

Emerson Souza
Bob Santos representou o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antonio, durante abertura do Festuris
Bob Santos representou o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antonio, durante abertura do Festuris
O secretário do MTur também destacou a abertura das companhias aéreas brasileiras ao capital estrangeiro, as gestões das áreas especiais de interesse e das áreas de patrimônio da União, a criação da Rede das Cidades Criativas, o Plano Nacional de Turismo, que foi aprovado na Câmara e ainda precisa passar pelo Senado, a redução do querosene de aviação em alguns Estados, a promoção das Rotas Gastronômicas e o Projeto Investe Turismo.

“Também temos que comemorar as eleições de Belo Horizonte como capital da gastronomia e de Fortaleza como capital do design, chanceladas pela Unesco, e reforçar que políticas públicas não são feitas em um estalar de dedos”, completou Bob Santos.

O novo governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, também subiu ao palco para dar as boas-vindas aos presentes, e exaltou a necessidade do fortalecimento das parcerias e da cooperação entre os setores público e privado.

Emerson Souza
Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul
Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul
“O dinamismo do setor privado, em conjunto com o poder público, é fundamental para o desenvolvimento da infraestrutura local e para a construção de soluções. Para que as pessoas tenham bons momentos, é preciso ter aeroporto e estrada, além de uma natureza preservada. Também temos que proporcionar entretenimento, por isso vejo com entusiasmo as medidas do governo sobre concessão de parques, algo que também estamos fazendo no Rio Grande do Sul, gerando empregos e qualificando a estrutura para receber turistas”, disse o governador gaúcho.

Durante seu discurso, Eduardo Leite também revelou que sua gestão está comprometida na viabilização de um novo aeroporto regional para melhor atender o Turismo na Serra Gaúcha.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA