Como grandes eventos contribuem para o Turismo LGBT

|


Otavio Furtado
A Parada do Orgulho LGBTQ+ e o carnaval de rua contribuem para tornar a cidade inclusiva
A Parada do Orgulho LGBTQ+ e o carnaval de rua contribuem para tornar a cidade inclusiva
Nesta quarta-feira (15), a Câmara do Comércio e Turismo LGBT e a Global Vision Access (GVA) promovem o primeiro evento virtual sobre Turismo LGBT do Brasil, o LGBT Travel Digital Connecting. Com mediação de Luiz Gustavo Ribeiro (site VIPADO), o primeiro debate do evento contou com a participação de André Fischer (Centro Cultural da Diversidade e Festival Mix Brasil) e José Augusto Vasconcelos (San Sebastian), que abordaram o impacto de grandes eventos no Turismo LGBT.

Assim como a Virada Cultural, o carnaval se tornou um grande point da comunidade LGBT, atraindo muitos turistas principalmente em Salvador, São Paulo e Rio de Janeiro. De acordo com Fischer, o carnaval em São Paulo teve uma forte presença do público LGBT desde o início, mas outros eventos também atraem a comunidade. “Junto com a Parada do Orgulho LGBTQ+, o carnaval de rua de São Paulo ajudou a tornar a capital paulista um destino que preza pela diversidade. Além disso, a famosa vida noturna da cidade também atrai esses turistas, contribuindo para tornar um destino mais inclusivo”, afirmou.

No início da semana, o prefeito de Salvador, ACM Neto, condicionou o carnaval 2021 à vacina contra a covid-19. Segundo Vasconcelos, o governo do Estado tem feito uma articulação com os governos do Rio de Janeiro e de São Paulo para adiar o carnaval em todo o País, com propostas para maio ou julho. “Já existe essas duas propostas, mas ainda é muito prematuro para falar em datas. A decisão deve acontecer em novembro”, disse.

Para os participantes, um destino que está pronto para receber um turista LGBT é diverso em todos os sentidos, se tornando apto a receber todas as pessoas. “Do mesmo modo que os outros setores, a indústria do Turismo vai ter que se repensar e se adaptar neste momento, mas temos uma oportunidade muito grande de oferecer outras experiências para os turistas LGBT em todo o mundo”, ressaltou André Fischer.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA