Movida aposta em frota renovada e sustentabilidade

|

ÁGUAS DE LINDÓIA (SP) – A Movida vem apostando fortemente em ofertar uma frota cada vez mais renovada. Dentro da estratégia da empresa de locação de carros, a companhia foca em oferecer veículos novos, além de soluções na pandemia e produtos sustentáveis.

PANROTAS / Emerson Souza
Jamyl Jarrus, da Movida
Jamyl Jarrus, da Movida
Há um ano e três meses lançou o Movida Cargo, pensado para atender a parte do delivery de empresas de e-commerce, uma vez que as compras on-line cresceram muito com a pandemia de covid-19.

“Vimos uma oportunidade, com todo mundo comprando virtualmente e as companhias tendo de entregar muito mais em volume. Com isso, teriam de ter uma melhora de frota, mais confiável, que não quebrasse, por isso, um carro zero quilômetro faz todo o sentido. No entanto, não é todo mundo que tem esse investimento para dispor, ainda mais no meio da crise, por isso pensamos nesta solução”, explica o diretor executivo de Vendas e Marketing da Movida, Jamyl Jarrus, durante a Abav TravelSP.

CARROS ELÉTRICOS E SUSTENTABILIDADE
Um ponto reforçado por Jarrus também foi a questão da frota de carros elétricos e o impacto (ou, na verdade, o não impacto) disso no meio ambiente. A empresa vem investindo em modelos do tipo, quando começou a desmistificar e apostar no uso do automóvel elétrico no Brasil há dois anos.

“Toda a parte de infraestrutura e eletrificação no País ainda é muito incipiente e há muito para melhorar, mas, quando iniciamos, havia mais ainda para se fazer. Fizemos parceria com a Nissan para o modelo Leaf, estamos trazendo outros, como o Mini Cooper e o 500, da Fiat. Estamos dando passos mais largos e temos visto também o cliente olhando e consumindo mais esse tipo de produto, se sensibilizando com a sustentabilidade. Nós, como locadora de carros, que geramos pegada de carbono, entendíamos que tínhamos de ter um produto limpo. Que é o carro elétrico”, conta.

Segundo o executivo, a gama de veículos da companhia vai desde o de combustão, com mais de 90% da frota sendo abastecida com etanol, gerando energia mais limpa, passando pelo híbrido, menos poluente e com consumo mais baixo, chegando, agora, em uma frota mais forte de elétrico.

“O cliente pessoa física ainda vai levar um tempinho, mas o corporativo já chegou lá. Muitas empresas precisam de certificação de seus produtos, precisam focar na sustentabilidade, principalmente por conta de ESG. Então, não ter essa pegada de carbono no carro para essas companhias é importante e somos felizes por poder colaborar nisso”, conclui.

Esta empresa apoia o Fórum PANROTAS 2022
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA