OPERADORAS

New Age exalta Chile em workshop sobre o destino


Emerson Souza
Camila Moreira, da CTS Turismo, e Carla Davidovich, da New Age, comandaram o workshop sobre o Chile
Camila Moreira, da CTS Turismo, e Carla Davidovich, da New Age, comandaram o workshop sobre o Chile
Cerca de 40 agentes de viagens comparecerem ao restaurante Rubaiyat, em São Paulo, para uma capacitação exclusiva da New Age sobre o Chile. O evento foi o segundo da série exclusiva sobre o destino sul-americano comandado pela operadora, que o vê se destacar com a variação cambial de moedas como o dólar e o euro.

A diretora comercial da New Age, Carla Davidovich, exaltou o investimento da empresa no destino. "Com a alta do dólar, temos crescido muito na América do Sul. Peru e Chile, por exemplo, têm ganhado boa notoriedade", explicou. "Focamos nos produtos 'multi-experiências', que mesclam o que de melhor o país pode oferecer ao turista brasileiro", concluiu

O evento foi comandado pela assistente comercial da chilena CTS Turismo, Camila Moreira, que mora no país há seis anos. Responsável por comercializar produtos e roteiros locais, ela destrinchou o destino, desde a Ilha de Páscoa à Patagônia, aos agentes presentes.

Emerson Souza
Brasileira que vive há seis anos no Chile, Camila destrinchou o destino para os agentes presentes
Brasileira que vive há seis anos no Chile, Camila destrinchou o destino para os agentes presentes
"No país mais longo do mundo, há experiências para todos os gostos", exaltou Camila. Seja nas vinícolas enoturísticas do Valle de Colchágua ou nas montanhas do norte da Patagônia, com destaque para as estações de esqui e opções de trekking reconhecidas mundialmente, o Chile começa a se mostrar além da famosa capital Santiago.

Camila ainda falou de regiões como o Valparaíso e Viña Del Mar, com seus hotéis boutique, e Punta Arenas, de onde, normalmente, partem os cruzeiros rumo às 'glaciares' chilenas. A cultura Mapuche também é uma opção para quem busca uma viagem imersiva entre os locais mais tradicionais. "Mostramos que o turista pode encontrar novas alternativas de viagem e roteiros", concluiu ela, que ainda exaltou o turismo astronômico na região do Atacama.

POR DENTRO DA NEW AGE

Fora do assunto Chile, a diretora da operadora falou, com exclusividade ao Portal PANROTAS, sobre os negócios da empresa no atual momento. Depois de revelar uma expectativa de crescimento de 15% para o ano, Carla admite que problemas como a alta no dólar e a greve dos caminhoneiros afetaram as operações da New Age.

"Estivemos acima da nossa meta até maio, mas essas questões (citadas acima) fizeram a gente cair um pouco. Hoje, trabalhamos com uma alta de 10% no nosso faturamento", explicou a diretora, que ainda vê um segundo semestre otimista.

Um dos motivos é o programa de fidelidade New Age Club. Após completar um ano de operação, há alguns meses, ele bateu a marca de dois mil inscritos, fato que justifica a esperança da empresa. "É a nossa 'menina dos olhos'. Acreditamos muito e temos tido uma boa resposta dos agentes de viagens". A operadora ainda investe em outras cinco campanhas de incentivo, com prêmios que vão de tablets a viagens à Suíça e ao Leste da Europa.

Para os dias 7, 8 e 9 de setembro, a New Age já confirma a realização de um novo workshop, agora voltado a destinos exóticos, como Tailândia e Egito. Serão realizados eventos em Bauru, Ribeirão Preto e Rio Preto (SP).

Veja quem compareceu à capacitação sobre o Chile no álbum de fotos abaixo.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

As mais lidas agora