OPERADORAS

Viagens & Cia inicia venda de dois novos hotéis nas Maldivas


Emerson Souza
Thiago Cuencas, da Viagens & Cia, e Manoel Calmon, representantes dos hotéis Amilla Fushi e Funolhu
Thiago Cuencas, da Viagens & Cia, e Manoel Calmon, representantes dos hotéis Amilla Fushi e Funolhu
A Viagens & Cia anunciou hoje dois novos hotéis parceiros nas Maldivas, o segundo destino mais vendido pela operadora. Amilla Fushi e Finolhu são as duas novas opções para turistas brasileiros nas ilhas, e a operadora garante ofertas exclusivas e tarifas diferenciadas do restante do mundo. Abertas há três anos, as propriedades de luxo estão estreando no mercado brasileiro.

“Para entrar no mercado brasileiro, conseguimos com o Finolhu o preço mais baixo do mundo do hotel. Isso vai incentivar o trade a entender e consumir mais o produto Maldivas, inclusive vendendo o destino para clientes que já o conhecem, desmistificando essa fama de 'ilhas intocadas'”, comentou o representante dos hotéis, Manoel Calmon.

“De fato, as Maldivas hoje tem valores extremamente flexíveis e bastante ecléticos em termos de bolso", endossa o diretor da Viagens & Cia, Thiago Cuencas.

Para o Finolhu, a parceria com a operadora paulista garantiu 50% de desconto no pacote de cinco noites por pessoa. Há também condições especiais para aqueles que escolherem passar alguns dias no Amilla Fushi.

SOBRE OS HOTÉIS

O Finolhu é focado em famílias e jovens. Tem sistema all inclusive e bar aberto, além de oferecer experiências únicas, como a bubble, uma bolha transparente em que é possível passar a noite e tomar café dentro do mar, por um acréscimo de US$ 600 na hospedagem. O pacote principal conta com cinco noites, tudo incluso, transfer de voo ida e volta e interno. O hotel oferece quatro restaurantes e opções variadas de acomodação, com e sem piscina particular.

Entretanto, caso o cliente esteja trás de um ambiente privativo e alto luxo, o Amilla Fushi é a opção certa. Com a opção de homes e residences, o hotel tem os maiores quartos das Maldivas para sua categoria. Metade da área da ilha é residencial, com apartamentos que vão de quatro a oito cômodos, além de piscina privativa, mordomo exclusivo e carro disponível para os hóspedes.

“O Amilla Fushi é o primeiro hotel das Maldivas que oferece residências em áreas totalmente privadas, de quatro a oito suítes. Franco brasileiro, o chef do hotel é premiado como melhor das Maldivas e o nosso restaurante o melhor de Maldivas", completou Manoel Calmon.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

As mais lidas agora