OPERADORAS

Impacto da crise da Avianca ainda é incerto, diz CEO da CVC

Em teleconferência para apresentação dos resultados do primeiro trimestre da CVC Corp, o CEO da empresa, Luiz Fernando Fogaça, voltou a falar da despesa extraordinária de R$ 10,2 milhões que teve com reembolsos e reacomodações de clientes da Avianca Brasil.

Emerson Souza

O executivo disse que ainda é cedo para precisar o impacto que a crise da companhia aérea causará nos próximos resultados da empresa. “Estamos no aguardo da decisão final, se o leilão vai ou não acontecer. Já estamos trabalhando e conversando com toda a indústria para iniciar um processo proativo de reacomodação dos passageiros nas companhias congêneres”, disse.

LEIA TAMBÉM
Lucro líquido da CVC Corp cresce 17,5% no 1T19

Mesmo sem adiantar detalhes, Fogaça também revelou que a empresa prepara a introdução de novas tecnologias e plataformas que irão potencializar a experiência dos consumidores. Segundo ele, a área digital da empresa, que hoje conta com 140 colaboradores, deverá terminar o ano com aproximadamente 200 funcionários.

RESULTADOS

O lucro líquido ajustado da CVC Corp no Brasil foi de R$ 108,2 milhões no primeiro trimestre de 2019, aumento de 17,5% em relação ao 1T18. Incluindo as operações da Argentina, o crescimento Pro Forma foi de 19,9%, atingindo R$ 105,5 milhões no 1T19.

A receita líquida das operações no Brasil foi de R$ 440,3 milhões no 1T19, aumento de 14,4% se comparado com o mesmo período do ano passado. Incluindo as operações da Argentina, o crescimento Pro Forma da receita líquida no 1T19 foi de 11,3%.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

As mais lidas agora