OPERADORAS

CVC Operadora anuncia recompra de ações ordinárias


Divulgação
Luiz Fernando Fogaça, da CVC Corp
Luiz Fernando Fogaça, da CVC Corp
A CVC Operadora anunciou que hoje fará recompra de até 7,25 milhões de ações ordinárias, em uma ou mais operações. O objetivo é " incrementar a geração de valor para seus acionistas por meio da aplicação de recursos disponíveis na aquisição das ações em bolsa de valores", segundo a empresa. Este número total é o equivalente a cerca de 5% do total de ações, que hoje é de 145,15 milhões.

Confira abaixo o comunicado na íntegra:

"CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. (“Companhia”), em cumprimento ao disposto no artigo 157, § 4°, da Lei n° 6.404, de 15 de dezembro de 1976, conforme alterada (“Lei das S.A.“), na regulamentação da Comissão de Valores Mobiliários (“CVM”), em especial na Instrução da CVM n.º 358, de 3 de janeiro de 2002, conforme alterada, e na Instrução CVM n.º 567, de 17 de setembro de 2015 (“ICVM 567/15”), vem informar aos seus acionistas e ao mercado em geral o quanto segue:

1. Programa de Recompra: O Conselho de Administração, em reunião realizada em 22 de novembro de 2019, aprovou a aplicação de lucros e/ou reservas disponíveis, nos termos dos artigos 5º, § 5º e 18, (xxii), do Estatuto da Companhia, do artigo 30, § 1º, “b”, Lei das S.A., e da ICVM 567/15, na aquisição, em uma única operação ou em uma série de operações, de até 7.255.000 (sete milhões e duzentas e cinquenta e cinco mil) de ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal, de emissão da Companhia, representativas de, aproximadamente, 5,00% do total de ações em circulação, para manutenção em tesouraria e posterior alienação ou cancelamento (“Programa de Recompra”).

2. Objetivo: O objetivo da Companhia na execução do Programa de Recompra é incrementar a geração de valor para seus acionistas por meio da aplicação de recursos disponíveis na aquisição das ações em bolsa de valores, a preços de mercado, para permanência em tesouraria, cancelamento ou posterior alienação das ações no mercado ou sua destinação ao pagamento de executivos e beneficiários a título de programas de incentivo ou de remuneração baseada em ações, no âmbito dos planos de incentivo de longo prazo da Companhia.

3. Ações em Circulação: Atualmente, nos termos do §3º do artigo 8º da ICVM 567/15, existem 145.151.224 (cento e quarenta e cinco milhões, cento e cinquenta e um mil, duzentas e vinte e quatro ações) ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal de emissão da Companhia em circulação (“Ações em Circulação”).

4. Ações em Tesouraria: Há em tesouraria, nesta data, um total de 1.560.739 (um milhão, quinhentas e sessenta mil, setecentas e trinta e nove) ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal.

5. Quantidade de ações a serem adquiridas: Considerando o número de Ações em Circulação e o número de ações atualmente em tesouraria, as 7.255.000 (sete milhões e duzentas e cinquenta e cinco mil) ações a serem adquiridas no âmbito do Programa de Recompra correspondem a, aproximadamente, 5,00% das Ações em Circulação.

6. Preço e modo de aquisição: As operações de aquisição serão realizadas na B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão (“B3”), a preço de mercado, cabendo à Diretoria da Companhia decidir o momento e a quantidade de ações a serem adquiridas, seja em uma única operação ou em uma série de operações, respeitando os limites previstos na regulamentação aplicável.

7. Duração do Programa de Recompra: O prazo máximo para a realização das aquisições é de 18 (dezoito) meses, iniciando-se em 25 de novembro de 2019 e encerrando-se em 18 de maio de 2021.

8. Instituições Financeiras que atuarão como intermediárias: A operação de aquisição das ações da Companhia será realizada a preço de mercado e intermediada pelas seguintes instituições:

BTG PACTUAL CTVM
CNPJ: 43.815.158/0001-22
Av. Brigadeiro Faria Lima 3477, 14º andar
São Paulo-SP

BRADESCO S.A CTVM
CNPJ:61.855.045/0001-32
Avenida Paulista 1450, 7º andar
São Paulo – SP".
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA