58% das agências já voltaram a comprar com CVC Corp

|

Artur Luiz Andrade
Luciano Guimarães, diretor B2B da CVC Corp
Luciano Guimarães, diretor B2B da CVC Corp
Em seu melhor mês de 2019, as marcas B2B da CVC Corp (RexturAdvance, Esferatur, Trend e Visual) atenderam 12 mil agentes de viagens. Em abril, auge da pandemia e da crise por ela gerada, foram 1,6 mil agências ativas. Em setembro, a empresa chegou a 7 mil agências cadastradas e comprando.

Segundo o diretor B2B da CVC Corp, Luciano Guimarães, o retorno das agências foi em velocidade maior que a esperada. Também tem impressionado a quantidade de novas agências pedindo cadastro. Foram 290 novos cadastros em julho e 428 em agosto. Provavelmente são empresas criadas por ex-funcionários demitidos em antigas agências ou que viram suas ex-empresas fecharem.

“Foi um retorno mais rápido do que esperávamos. Já temos sete mil agências ativas vendendo, contra 12 mil no pico de 2019 e 1,6 mil em abril”, disse Guimarães ao Portal PANROTAS. Segundo ele a venda é majoritariamente para destinos nacionais, com o internacional sendo pautado por notícias (especialmente de reabertura de fronteiras) e oportunidades (ou seja, promoções). O volume de buscas no EsferaFácil, ReservaFácil e NaTrend está em 60% do pré-pandemia, o que também mostra uma boa recuperação.

Para o final de ano, além do Brasil, sua aposta são as viagens para o Caribe, já com boa procura nas quatro marcas B2B da CVC Corp.

“O Caribe está sendo bem buscado e bem vendido. Enquanto o nacional tem uma busca constante, no internacional vemos que as pessoas estão atrás de oportunidades. Saiu a notícia de que os Estados Unidos iriam flexibilizar a entrada de brasileiros e as vendas subiram imediatamente. Quando reabrir realmente (a fronteira com os EUA) a fila de carros para Guarulhos vai ser similar à ida para praia nos feriados”, prevê.

UNIFICAÇÃO
Luciano Guimarães também falou ao Portal PANROTAS sobre a unificação das marcas B2B, um desejo do CEO Leonel Andrade, que entrou na empresa em abril e disse, em entrevista à PANROTAS, que iria simplificar as unidades do grupo, pois havia marcas vendendo a mesma coisa para as mesmas pessoas. A primeira mudança feita por Andrade foi dividir o B2B do B2C, entregando a primeira área para Guimarães e a segunda para Emerson Belan, que será substituído em novembro por Daniela Bertoldo.

Na sequência foi contratada uma consultoria, a GAD’, para analisar os caminhos para essa simplificação de marcas e unidades de negócios. A tendência é que essa unidade B2B se transforme em uma empresa dentro da CVC Corp. Se terá uma marca única ou se manterá algumas delas ainda está sendo discutido internamente, mas a unificação é o caminho.

“Os 300 executivos de vendas se apresentarão às agências representando todos os produtos. O objetivo é que o agente encontre tudo em um só local, falando com um só promotor”, explica Guimarães. O B2B da CVC Corp conta com 550 colaboradores dedicados ao atendimento ao agente de viagens, de um total de 970.

SISTEMA
Também o sistema será único, com todos os produtos atuais e mais alguns novos a caminho, envolvendo tudo que está ligado direta e indiretamente às viagens, incluindo itens que o agente de viagens ainda nem vende e nem sabe que poderia vender.

“Quando assumi o B2B tínhamos 11 sistemas de front, hoje são seis e a meta é chegar a um sistema único. Já em 1º de outubro teremos o sistema de lazer unificado, com Trend e Visual no mesmo espaço. Mas a meta é um portal para o agente de viagens comprar tudo o que oferecemos hoje nos seis sistemas e mais os novos produtos”, explica.

B2B DA CVC CORP EM NÚMEROS E NOMES
Diretor executivo: Luciano Guimarães
Diretora de Marketing B2B: Renata Esteves

Diretor de Vendas Lazer: Cleiton Feijó
Diretor de Vendas para RexturAdvance e três regiões da Trend (São Paulo, Interior de São Paulo e Norte/Nordeste): Flávio Marques
Diretor de Vendas da Esferatur e de outras três regionais da Trend (Sudeste, exceto São Paulo, Sul e Centro-Oeste): Leonardo Mignani
Departamento de Venda Assistida: Cristiane Jayme (diretora Lazer), e os gerentes executivos Emerson Cardoso (Aéreo) e Roberto Araújo (Operações)

50% das vendas da CVC Corp em 2019
Colaboradores: 970
Executivos de vendas: 300
Atendimento: 550
Agentes de viagens ativos pré-pandemia: 12 mil
Agentes de viagens ativos no auge da crise: 1,6 mil
Agentes de viagens ativos em setembro: 7 mil
Novas agências cadastradas: 290 em julho e 428 em agosto
Agentes de viagens capacitados via Aprimora: 32 mil, em mais de 230 treinamentos entre março e agosto
Volume de buscas nos sistemas das quatro marcas já está em 60% do pré-pandemia

Hubs de atendimento às agências: Santo André (SP), Blumenau (SC), Curitiba, Belo Horizonte e Aparecida de Goiânia (GO)
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA