Fechamento da Argentina quebra operadora britânica

|


GoodFreePhotos
Operadora britânica focada em Patagônia, a The Independent Traveller lamenta o encerramento de suas atividades. A empresa não resistiu ao longo fechamento das fronteiras aéreas da Argentina e seu carro-chefe, o Patagonia Total Solar Eclipse Tour, em dezembro, não acontecerá mais, de maneira que ficou inviável a continuidade das atividades.

Confira o comunicado da The Independent Traveller:

"Com o mais profundo pesar e muita tristeza, comunicamos o encerramento de nossos negócios em 14 de outubro. Como vocês todos estão cientes, tentamos durante todo esse tempo operar nosso Patagonia Total Solar Eclipse Tour em dezembro, com a esperança de que a Argentina conseguiria se livrar da devastação da covid-19 com o seu lockdown precoce. Infelizmente, isso não se provou correto. As fronteiras do país ainda estão fechadas e seu Turismo receptivo idem. Não há indicação de que isso acontecerá logo e, para complicar, um período de isolamento de 14 dias para adentrar as fronteiras argentinas é obrigatório.

Neste cenário tão difícil, como todas as empresas que oferecem tours em períodos tão perecíveis como o de um eclipse, nossos contratos exigiam pré-pagamento antecipado dos hoteleiros, que foram feitos e não são reembolsáveis.

Como resultado, a The Independenter Traveller Limited não tem outra alternativa senão parar de vender e tomar as medidas necessárias para liquidar a empresa
."
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA