ETS inicia nova fase com mais 600 agências e experiências diferenciadas

|

ETS
Michael Barkoczy, CEO da ETS
Michael Barkoczy, CEO da ETS
Com mais de 700 agências de viagens cadastradas (110 nos 30 dias de soft opening e 600 prontas para usar a plataforma), a Easy Travel Shop, ou ETS, presidida por Michael Barkoczy, inicia hoje sua segunda fase, com mais de duas mil experiências na prateleira. “Temos as experiências tradicionais de cada destino, mas temos ido atrás de experiências diferenciadas, que não estão nas prateleiras”, disse Barkoczy ao Portal PANROTAS.

Segundo ele, a fase de soft opening teve vendas para destinos brasileiros, como Bonito (MS), Maceió e Natal, e foi muito boa para as melhorias na plataforma baseadas no uso pelos agentes de viagens. “Eles usavam, convidavam seus clientes para se cadastrarem, e faziam sugestões. As atualizações nessa fase são constantes e os agentes têm nos ajudado muito”, contou.

Para Barkoczy, os dois grandes diferenciais da ETS, e que puderam ser comprovados no soft opening, são a plataforma em si, com as experiências disponíveis para compra com facilidade e agilidade, e o modelo de negócios que faz a interligação do agente de viagens com o consumidor final.

“Em dezembro os clientes poderão se cadastrar sem a necessidade do convite (que hoje os agentes enviam a eles), mas sempre terão de estar interligados a uma agência de viagens. A ETS fala com o público final, mas sem quebrar a relação com os agentes de viagens. Pelo contrário, os clientes vêm indicados pelos agentes ou de forma independente, mas quando se cadastram precisam escolher o seu agente de viagens”, explica o CEO da ETS.

De acordo com ele, a expectativa é que as próximas etapas ofereçam ao mercado um novo impulsionamento quando o assunto é a disponibilização de serviços nos mais importantes destinos pelo mundo. “Ou seja, a ideia sempre é gerar novos negócios”, emenda.

DISTRIBUIÇÃO DE APIS
A Easy Travel Shop anunciará, na próxima semana, um novo acordo de distribuição por APIs – ferramentas de integração do sistema –, com grandes players do mercado, que ajudarão na distribuição das experiências da ETS para operadores do Brasil e do Exterior. Os nomes serão divulgados no anúncio da semana que vem.

Na terceira fase, que se inicia em dezembro, a empresa inaugura a plataforma ao público final, que poderá se cadastrar diretamente na plataforma ou pelo aplicativo (e escolher seu agente de viagens). Também no próximo mês, será detalhado o ambiente da plataforma em que os influenciadores digitais poderão utilizar para impulsionar experiências e, assim, gerar lucro.

Os produtos internacionais também começam a entrar na plataforma, com destaque para os destinos já reabertos para os brasileiros, como Argentina, Cancún e Chile, que hoje anunciou a reabertura.

Saiba mais www.easytravelshop.com.br.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA