Credores aprovam plano de recuperação da Queensberry

|




A operadora Queensberry deu hoje um importante passo em seu processo de recuperação judicial. A Assembleia de Credores aprovou o plano, que agora segue para aprovação e homologação pelo juiz, na próxima semana. Se o juiz aprovar o plano, seguindo a orientação da administradora judicial da empresa e dos credores, esses últimos terão 60 dias a partir da data da publicação para enviarem pedido de uso do crédito em poder da operadora, que entrou em recuperação em 4 de junho de 2020.

Os credores poderão usar 20% do crédito que está no processo (em um total de R$ 43,2 milhões) para a reserva de uma nova viagem, pagando os 80% restantes com condições negociadas à época da compra. Os 20% de crédito podem ser utilizados em qualquer tipo de viagem, menos para a parte aérea, segundo especificações do plano. O credor pode comprar quantas viagens quiser, mas usando apenas 20% em cada uma.

Apenas alguns credores individuais e representantes de bancos votaram contra o plano, representando cerca de 40% dos créditos da classe 3 do processo. Outros pediram a anulação da assembleia, mas representaram apenas 19,29% do total (ou R$ 8 milhões).

A administradora recomenda que os credores interessados em usar o crédito enviem para os e-mails que estão no processo o quanto antes. Quem perder o prazo de 60 dias sofrerá deságio nos créditos.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA