Artur Luiz Andrade   |   07/11/2023 22:01   |   Atualizada em 09/11/2023 13:16

BeFly lança operadora em janeiro; e reconquista contas da Globo e ONU

Veja as novidades de algumas empresas do ecossistema, como Queensberry, Reservia e FBT


PANROTAS / Emerson Souza
Diretoria da BeFly no evento de dois anos do ecossistema
Diretoria da BeFly no evento de dois anos do ecossistema

Para celebrar seus dois anos no mercado, a BeFly reuniu fornecedores e parceiros em um jantar no Oli, em São Paulo, e já prepara uma série de novidades para os próximos meses.

A primeira delas será o lançamento de sua operadora midscale, que está sendo desenvolvida por Sylvio Ferraz, VP de Produtos e Novos Negócios da BeFly.

A operadora já tem CNPJ, sistema (Travel Compositor) e equipe, falta apenas revelar o nome e completar a integração dos produtos. Será uma operadora com produtos de quatro a cinco estrelas, para fazer o contraponto à Queensberry, cada vez mais consolidada como operadora de luxo da BeFly.

O CEO da BeFly, Marcelo Cohen, agradeceu aos parceiros presentes e creditou o sucesso dos dois primeiros anos da empresa a toda a equipe, que hoje soma dois mil colaboradores. Cohen também elogiou, em entrevista à PANROTAS, o desempenho das empresas Queensberry e Flytour Business Travel e promete um 2024 ainda melhor para seu ecossistema.

Mas o ecossistema BeFly, que hoje conta com 36 empresas, tem novidades vindo por aí em diversas áreas. Confira algumas delas, elencadas pelo VP de Negócios, Luciano Guimarães.

Trabalho interno

Com tantas empresas, fruto de aquisições e da criação do próprio ecossistema (que nasceu da compra da combalida Flytour pelo Grupo Belvitur, de Marcelo Cohen), um grande desafio é a integração de tudo isso, para que as sinergias comecem a fluir e beneficiar todas as marcas e clientes.

Guimarães diz que uma das prioridades é o ERP da SAP, que vai integrar a maioria das empresas do grupo. O projeto já fez Go live em duas empresas e segue implantando para as demais companhias ao longo de 2023 e 2024.

Paralelamente, a BeFly contratou Renata Maluf, ex-diretora de Marketing da Gol, para cuidar da área de CRM, que já teve uma primeira implantação e agora segue para a segunda fase, com a chegada do produto da Oracle.

A visão de todas as empresas juntas (e seus clientes e fornecedores) chegará para facilitar o fluxo dentro do ecossistema. “O grande desafio não é comprar uma empresa e sim integrar, fazer as sinergias funcionarem, tirar proveito da diversidade e do melhor de cada marca”, explica Luciano Guimarães.

Segundo ele, o mercado ainda se surpreende com a variedade de soluções e marcas dentro da BeFly e outra frente de trabalho agora será comunicar isso e mostrar a força do grupo. As 36 marcas, segundo ele, serão mantidas, assim como seus times. O objetivo não é fundir empresas dentro do ecossistema.

A BeFly vai crescer 19% este ano e ultrapassar a marca de R$ 10 bilhões em vendas.

PANROTAS / Emerson Souza
O CEO da BeFly, Marcelo Cohen, entre os vice-presidentes Luciano Guimarães e Sylvio Ferraz
O CEO da BeFly, Marcelo Cohen, entre os vice-presidentes Luciano Guimarães e Sylvio Ferraz

Queensberry

Segundo o VP de Negócios, a operadora já ultrapassou as vendas pré-pandemia, com foco em viagens premium e nos Grupos Brasileiros pelo Mundo (GBM).

Recentemente a empresa promoveu mudanças em sua estrutura, com a chegada de Bruno Sá, e uma das metas agora é crescer junto aos agentes de viagens.

Qualitours

Já a Qualitours, central de cruzeiros marítimos da BeFly, já é sucesso absoluto entre as agências de viagens, que fizeram a empresa vender seis vezes mais que antes da pandemia.

Além das melhores empresas de cruzeiros de luxo do mundo, a Qualitours passou a vender cruzeiros na costa brasileira e a atender todas as demandas do ecossistema quando o assunto são viagens marítimas.

Retomada das contas da Globo e ONU

PANROTAS / Emerson Souza
Franqueados FBT prestigiaram o evento de dois anos da BeFly: Roberto e Bernadete Areias, da Flytour Guarulhos, Marinês e Elias Latuf, da Flytour São PauloCentro, Edson Cintra, da Flytour República, Flavia Possani, diretora de Marketing da BeFly, Luciano Guimarães, VP da BeFly, e Tarcísio Gomes, da Flytour Sorocaba
Franqueados FBT prestigiaram o evento de dois anos da BeFly: Roberto e Bernadete Areias, da Flytour Guarulhos, Marinês e Elias Latuf, da Flytour São PauloCentro, Edson Cintra, da Flytour República, Flavia Possani, diretora de Marketing da BeFly, Luciano Guimarães, VP da BeFly, e Tarcísio Gomes, da Flytour Sorocaba

A Flytour Business Travel, que responde por cerca de R$ 2 bilhões das vendas da BeFly, e tem uma parceria global com a Amex Global Business Travel, é um dos grandes cases de sucesso desses dois anos de BeFly.

“A FBT voltou com força ao mercado, depois de um período em que havia deixado espaço para os concorrentes. E já recuperou importantes contas, como as da Globo e da ONU, agora em setembro e outubro, uma prova de como reestruturamos e posicionamos a nossa TMC”

Luciano Guimarães

Segundo ele, a BeFly mudou pessoas (com Manuela Bernardes à frente do projeto), investiu em uma nova estrutura de processos, trouxe novas tecnologias, como o back-office da Benner, entre outras melhorias em serviços para os clientes.

“E o ecossistema permite que só a gente ofereça alguns produtos e serviços, como um apartamento personalizado para uma empresa, no Tryp Guarulhos, que faz parte do grupo. Temos todas as soluções no ecossistema, nossa venda de lazer pros clientes corporativos está bombando, e a reconquista de grandes contas da Flytour no passado mostra que estamos no caminho certo.”

Ainda falando do ecossistema, a Oner Travel, comprada de Antonoaldo Neves, é quem faz o atendimento em algumas empresas clientes da FBT. E com sucesso.

Ou seja, a imagem combalida da antiga Flytour foi recuperada e renovada com sucesso.

Reservia terá internacional em janeiro

A consolidadora de hotéis da BeFly, a Reservia, já está com seu conteúdo nacional estruturado e sendo comprado por cerca de 400 agências de viagens. Em janeiro será a vez do conteúdo internacional. A empresa foi lançada em julho passado e segundo Guimarães está correspondendo ao planejado.

A BeFly conta com 290 lojas da marca Vai Voando, 26 da BeFly Travel e 90 da Flytour Business Travel. O grupo tem 2 mil funcionários.

Tópicos relacionados