Da Redação   |   05/06/2024 09:51
Atualizada em 05/06/2024 09:58

Grupo da Flot chega à Cartagena, última etapa do famtour na Colômbia

Parada encerrou a viagem da Flot Operadora que passou por diversos destinos colombianos

PANROTAS/Claudio Schapochnik
O animado grupo da Flot posa junto à Cidade Velha de Cartagena de Indias, durante o passeio da
O animado grupo da Flot posa junto à Cidade Velha de Cartagena de Indias, durante o passeio da "chiva rumbera"

O grupo da Flot na Colômbia chegou nessa terça (4) à última cidade do famtour ao país latino-americano: Cartagena de Indias, à beira do mar do Caribe e Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco desde 1984.

Antes de pegar o avião para Cartagena, o grupo de dez agentes de viagens, formado só de mulheres, teve ainda compromissos em Medellín. As profissionais de turismo fizeram um site inspection em mais uma unidade da rede hoteleira colombiana Estelar e conheceram um memorial às vítimas do narcotraficante Pablo Escobar (1949-1993) e seu grupo, o Cartel de Medellín.

Logo cedo, o famtour chegou ao hotel Estelar Blu, para tomar café da manhã e conhecer alguns apartamentos. A executiva Juliana Posada recebeu as profissionais, que estavam acompanhadas pelo diretor geral da Flot, Eduardo Barbosa, pela diretora da Dorado Experiences, receptivo da operadora na Colômbia, Ruby García, e pela guia de turismo Dora Estrada.

O Estelar Blu tem 134 apartamentos, de três categorias, como a Suíte Júnior. “Passamos recentemente por uma modernização”, destacou Juliana.

Depois da visita técnica, o grupo da Flot seguiu para o Parque Comemorativo Inflexión. É um espaço de lembrança às vítimas dos assassinatos e atentados perpretados pelo Cartel de Medellín, liderado por Pablo Escobar.

No local do parque havia o Edifício Monaco, que pertencia a Escobar. A Prefeitura de Medellín desapropriou o prédio, o implodiu e promoveu um concurso para transformar o lugar em um memorial – inaugurado em 2019.

A parte mais impressionante é uma parede com 46.612 orifícios. Cada um representa uma vítima fatal, daquelas registradas, de Escobar e seu grupo. Alguns desses buracos estavam preenchidos por flores – já secas.

“E ainda há muita gente que visita e leva flores ao túmulo de Escobar, enterrado em um cemitério em Medellín, idolatrando um assassino frio e sanguinário, que só fez mal ao povo colombiano”, afirmou a guia Dora ao grupo.

Antes de chegar ao aeroporto, o famtour deixou o parque e seguiu para a loja de artesanato Caballo de Troya. O estabelecimento vende produtos de toda a Colômbia.

Após cerca de uma de voo, o famtour chegou a Cartagena de Indias às 14h19 (horário local). As profissionais foram recebidas pelo guia de turismo Ernani, que levou o grupo para almoçar no restaurante Dunia. No cardápio, iguarias da culinária local: entrada de ceviche de camarão e prato principal com peixe frito, arroz de coco e patacón – banana verde amassada e frita na forma de um círculo.

Depois do almoço, o grupo fez check-in no Holiday Inn Express Cartagena Bocagrande, onde fica hospedado pelos próximos três dias.

Após um período de descanso, as profissionais deixaram o hotel para fazer um passeio noturno bem típico de Cartagena a bordo de uma “chiva rumbera”. Trata-se de um caminhão adaptado com bancos e pista de dança, todo pintado e dotado de muitas luzes coloridas, com playlist de músicas de ritmos 100% latino-americanos.

Com duas horas de duração, o passeio na “chiva rumbera” foi bastante animado e mostrou ainda, em um roteiro panorâmico by night, uma bela cidade destacada pela iluminação monumental.

Claudio Schapochnik, especial para o Portal PANROTAS, viaja a convite da Flot Viagens com seguro de viagem GTA


Tópicos relacionados