Storytelling. Inovação. Cliente. CEO explica os 3 pilares da Disney para 22

|

Disney
Bob Chapek, CEO da Disney
Bob Chapek, CEO da Disney
O CEO da Disney, Bob Chapek, enviou uma carta aos colaboradores do grupo, enfatizando os três pilares para o novo ano e para a preparação dos 100 anos da empresa, em 2023. Excelência em contar histórias, inovação e foco incansável no cliente são as três prioridades apontadas pelo líder da Disney, que substituiu o lendário Bob Iger no ano passado.

Confira abaixo, o memorando interno que Chapek enviou aos colaboradores Disney. Leia a versão em inglês no site da Variety.

“Time,
Ao começarmos um Novo Ano, quero compartilhar com vocês nossa missão e pilares estratégicos, que serão peças-chave para o nosso sucesso – mas antes, eu quero começar 2022 com uma nota de agradecimento a todos vocês, seu talento, dedicação e otimismo durante o mais disruptivo momento na história de nossa companhia.

Graças a vocês, estamos resistindo à pandemia e emergindo mais fortes que nunca. Nos últimos dois anos, continuamos a contar as melhores histórias do planeta, reorganizamos e aceleremos nossa transformação para melhor servir nosso público e clientes. Olhamos para dentro durante um tempo de disrupção social, vimos o quanto ainda havia a ser feito, e fizemos mudanças significativas. E obviamente, passamos por uma mudança na liderança – e eu sou enormemente grato à tremenda fundação que Bob Iger nos deixou.

Vocês conseguiram realizar tudo isso durante uma pandemia que acontece uma vez a cada século, e quero reconhecer aqueles cujas funções exigiram sua presença em nossos escritórios ou um de nossos parques, assim como os que trabalharam de casa, enquanto gerenciavam o ensino à distância e os cuidados com seus filhos. Também agradeço sua paciência à medida em que reabrimos nossos escritórios. Nossa meta a longo prazo é oferecer mais flexibilidade e suas lideranças entrarão em contato à medida em que os planos evoluam.

É irônico que essa disrupção esteja acontecendo quando nos preparamos para celebrar o aniversário de 100 anos de nossa companhia. Por quase um século, nós definimos e redefinimos o entretenimento, criamos incontáveis memórias que duram toda uma vida, e divertimos fãs e famílias em todo o mundo. É um legado simplesmente sem paralelo – e uma responsabilidade bem-vinda para que construamos mais ainda a partir dele.

Acredito que nossa missão para este ano é bem clara: preparar o palco para nosso segundo século, e assegurar que os próximos 100 anos da Disney serão tão exitosos quando o primeiro. Para fazer isso, iremos focar em 3 pilares.

Divulgação/Disney
Bob Iger foi sucedido por Bob Chapek no comando da The Walt Disney Company
Bob Iger foi sucedido por Bob Chapek no comando da The Walt Disney Company
Primeiramente, excelência em contar histórias (storytelling excellence). O que torna a Disney tão única é o fato de que as histórias que contamos significam algo para as pessoas. Elas inspiram, dão esperança, nos unem, iluminam o mundo ao nosso redor e criam memórias. Essa é a magia da Disney, e nós temos de manter o sarrafo da criatividade cada vez mais alto. Para isso – e se somando a todas as minhas outras reuniões criativas – estou estabelecendo uma nova reunião mensal com nossos líderes sêniores de criação para debatermos as oportunidades que encontramos como uma empresa de contar histórias. Isso irá encorajar a colaboração, o compartilhamento das melhores práticas e estimular a troca de ideias entre estúdios.

Em segundo lugar, inovação (innovation). Desde o (primeiro desenho) Steamboat Willie, nós temos sido os contadores de história mais inovadores do mundo. Isso deve continuar à medida em que a tecnologia evolui, dando aos nossos times de criação novas telas, como o metaverso, para serem pintadas. Devemos ser especialmente inovadores enquanto buscamos tirar as histórias do papel de novas formas – particularmente se elas fortalecer o que muitos chamam do “ecossistema de franquias”, que é um de nossos diferenciais.

E em terceiro lugar, o foco incessante em nossa audiência (relentless focus on our audience). Somos uma grande empresa com muitos integrantes e participantes, todos com um lugar em nossas decisões. Mas no final do dia, nosso guia mais importante – nossa Estrela Guia – é o cliente. No momento, o seu comportamento nos diz e à nossa indústria que a forma como eles querem vivenciar o entretenimento está mudando – e mudando de maneira rápida graças à tecnologia e à pandemia. Temos de evoluir com nossa audiência, não trabalhar contra eles. E por isso nós iremos colocá-los no centro de toda decisão que tomarmos.

Quando olhamos para o cenário do entretenimento, acredito que a Disney se destaca de forma isolada. Temos o motor mais criativo de contar histórias, assim como as marcas e franquias mais queridas do mundo – às quais nós podemos dar vida de uma forma como nenhum outro pode.

Temos um portfolio de plataformas de distribuição ao redor do mundo – incluindo poderosos serviços de streaming – com a habilidade de alcançar audiências em qualquer lugar, a qualquer momento. Temos a organização número 1 de notícias e a mais confiável marca em esportes. Unimos pessoas e produzimos memórias mágicas para toda a vida em nossos parques e navios de cruzeiro.

Temos uma capacidade única de impactar a cultura e conectar com pessoas em níveis pessoais profundos. E nós temos vocês – o melhor time na indústria.

Não poderia pensar em melhor combinação, e não poderia estar mais otimista em relação ao nosso futuro. Estou ansioso para preparar o palco para nosso próximo século com todos vocês, e para produzir a marca única de magia que só a Disney pode fazer.

Bob"
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA