PESQUISAS E ESTATÍSTICAS

Facebook perde força entre jovens; Youtube e Instagram dominam

Divulgação/Pixabay
O Facebook ainda possui nome, estrutura e poder de influência sobre as massas, mas sua força está diminuindo ano após ano. Essa queda aparece principalmente com a população mais jovem, que dá sinais de ter se cansado da rede social criada por Mark Zuckerberg.

Segundo pesquisa realizada pela Pew Research Center, apenas 51% dos norte-americanos entre 13 e 17 anos utilizam a plataforma de comunicação, 20 pontos percentuais a menos do que três anos atrás.

Na liderança do levantamento aparece o Youtube, que alcança 85% dos jovens dos Estados Unidos, seguido pelo Instagram, com 72%, e pelo Snapchat, com 69% de engajamento dentro do universo entrevistado. Abaixo do Facebook estão o Twitter, o Tumblr e o Reddit, com 32%, 9% e 7%, respectivamente, entre os preferidos desse público.

Ainda de acordo com o estudo, 95% dos norte-americanos entre 13 e 17 anos possuem um smartphone ou, pelo menos, têm acesso a um deles. Destes, 45% dizem que ficam constantemente conectados por meio de alguma rede social, seja publicando fotos, vídeos e textos ou simplesmente consumindo conteúdo.

Em 2015, o Facebook aparecia na pesquisa da Pew com 71% de aprovação entre os adolescentes, liderando o ranking. Três anos mais tarde, despencou para o quarto lugar da lista, principalmente entre as classes mais altas da sociedade.

Meninos e meninas de famílias com rendas inferiores a US$ 30 mil utilizam quase duas vezes mais a rede social do que aqueles que vêm de famílias com rendas superiores a US$ 75 mil por ano.

Entre os fãs do Facebook, 40% disseram que gostam de fazer conexões com amigos e familiares, enquanto 16% acham mais fácil buscar informações e notícias. Entre os que consideram a plataforma negativa, 27% reclamaram do grande número de publicações consideradas bullying e fake news.


*Fonte: Pew Research Center

conteúdo original: https://pewrsr.ch/2L9CBbf
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA