Turismo mantém volume de empregos em Minas Gerais

|

Pixabay
São João Del Rei, em Minas Gerais
São João Del Rei, em Minas Gerais

O setor de Turismo foi responsável por empregar cerca de 277 mil trabalhadores em Minas Gerais neste ano. Segundo o estudo Indicadores de Empregabilidade no Turismo, elaborado pela Fecomercio-MG, com base nos dados levantados pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o Estado tem mantido o volume de postos de trabalho, após um período de queda acentuada.

Em junho, 276.813 trabalhadores estavam registrados na atividade. O número representa estabilidade tanto em relação a maio deste ano (-0,04%), quanto ao saldo apurado no mesmo mês de 2017 (-0,3%). Grande parte da mão de obra (146.013 empregados) está na área de restaurantes e similares.

A pesquisa revela uma boa capacidade de recuperação do setor de um modo geral. “O Turismo sentiu muito o impacto da crise, com fechamento sistemático de vagas desde 2015. Agora percebemos uma retomada mais consistente e muito importante para o setor”, observa o coordenador da área de Negócios Turísticos da Fecomercio-MG, Danilo Manna.

DEMAIS ÁREAS
Ainda segundo a entidade, em Minas Gerais, a taxa de empregabilidade se concentra no segmento de hospedagem e alimentação (64,4%), seguido por transporte de passageiros (31,9%), cultura e lazer (2,2%) e agentes de viagens (1,5%).

“A recente desvalorização do real frente ao dólar poderá estimular ainda mais as famílias a optarem pelas viagens domésticas em detrimento das internacionais, incrementando o desempenho do setor em Minas”, completa Manna.

Vale destacar que, segundo a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), até maio, o volume de atividades turísticas no Estado cresceu 1,7% no acumulado do ano e 2,3% no acumulado em 12 meses.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA