PESQUISAS E ESTATÍSTICAS

Brasil tem queda de 8% em número de turistas chineses


Pixabay
Número ainda é pequeno na comparação com a média global
Número ainda é pequeno na comparação com a média global
No ano passado, 56 mil chineses visitaram o Brasil, uma queda de 8% em relação a 2017. As informações foram divulgadas pelo China Outbound Tourism Research Institute (COTRI). O número ainda é pouco significativo, se comparado às 162 milhões de viagens com origem no destino.

O viajante chinês costuma participar de grandes grupos de excursão, saindo de ônibus para compras e fotografias, mas também pequenos grupos de turistas, incluindo jovens que falam inglês. Há também um terceiro tipo de viajante, que utiliza operadores, mas fazem itinerários sob medida, sendo que a customização é a principal tendência, segundo o COTRI.

Para 2030, a previsão é de 400 milhões de viagens de saída a partir da China. “Após uma década de crescimento do Turismo externo, mais e mais chineses não têm apenas o dinheiro, mas também a experiência que lhes permite dizer claramente o que querem fazer enquanto viajam com seus amigos, familiares ou colegas”, explica o diretor do COTRI em Hamburgo, Wolfgang Georg.

Esse mercado de viagens personalizadas e experiências de alta qualidade podem incluir passeios de helicóptero, jantares refinados, participação em eventos esportivos ou serviços de saúde. Em 2018, os negócios para essa oferta aumentaram em 180%.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA