52,4% das agências do País preveem aumento na demanda em 2020

|


A maioria dos turistas que escolhem viajar por agências são casais com filhos (43,4%)
A maioria dos turistas que escolhem viajar por agências são casais com filhos (43,4%)
Uma pesquisa do Ministério do Turismo, realizada em setembro com 1.917 agências de viagens de todo o Brasil, revelou que 50,6% dos empresários não têm intenção de diminuir o número de funcionários até março de 2020. Além disso, cerca de 52,4% dos entrevistados preveem aumento na demanda de serviços ofertados pelas agências e 51,5% deles indicaram cenários positivos quanto ao faturamento da empresa.

O levantamento também comparou os dados relacionados à geração de emprego, demandas por serviços ofertados e faturamento das agências registrados entre junho e julho deste ano e o mesmo período de 2018. Em 2019, mais da metade dos empreendedores (51,9%) afirmaram que houve estabilidade no número de empregados, ao passo que a demanda de serviços ofertados registrou aumento de 31,4%. Os entrevistados afirmaram ainda que houve alta de 29% no faturamento, enquanto outros 26,4% identificaram estabilidade na receita.

Em relação ao perfil dos turistas que escolhem viajar por agências, a pesquisa mostrou que a maior parte dos clientes são casais com filhos (43,4%), seguidos por aqueles que viajam com outro parente ou amigos (23,2%), casais (21,6%) e aqueles que preferem viajar sozinhos (11,8%). A maioria dos viajantes por agências (45,9%) busca destinos de sol e praia, seguidos das viagens culturais que envolvem visitas a museus e Patrimônios Históricos (15,5%), natureza e ecoturismo (10,6%) e negócios (10,4%).

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA