PESQUISAS E ESTATÍSTICAS

Turistas priorizam conforto antes de custo-benefício

|

Uma pesquisa realizada pela Collinson apontou que 74% dos turistas mundo afora colocam o conforto como prioridade no momento de planejar uma viagem. O item ficou à frente do custo-benefício, que registrou 60% da preferência, e da eficiência, que foi citada por 49% dos mais de 26 mil entrevistados globalmente.

"Há muito tempo as pessoas focam sua atenção no destino, mas nós queremos que elas fiquem igualmente animadas ao pensarem na jornada. Viajar pode ser muito mais do que simplesmente se deslocar do ponto A ao B, e é o papel da indústria ajudar os viajantes a enxergarem isso", disse o CEO da Collinson, John Evans.

Divulgação/KLM
Lounge VIP da KLM em Amsterdã, na Holanda
Lounge VIP da KLM em Amsterdã, na Holanda
Entre as facilidades relacionadas ao tópico líder do estudo, o acesso a lounges VIP de aeroportos apareceu entre as preferências de 32% dos participantes, enquanto os assentos com mais espaço para as pernas foram citados por 31%. No total, responderam 17,2 mil viajantes a lazer e 9,2 mil viajantes corporativos.

"A competição para otimizar e monetizar a jornada do viajante já está esquentando. O desafio para os fornecedores de benefícios de viagem e aeroportos é entender onde seus serviços se encaixam em cada uma das milhares de jornadas únicas que vemos diariamente e como eles podem impactar positivamente os viajantes, tanto no momento quanto de maneira mais ampla na totalidade de suas experiências", continuou Evans.

Divulgação / United
Classe Polaris, da United Airlines
Classe Polaris, da United Airlines
"Também sabemos que as pessoas estão dispostas a pagar por experiências aprimoradas. Essa é uma tendência que estamos observando na sociedade como um todo. Com o aumento da economia recorrente, as pessoas estão optando por pagar individualmente por algo que antes esperavam receber por meio de um programa de fidelidade", completou o CEO.

A pesquisa “Love the Journey”, que ainda será publicada na íntegra, contou com entrevistados de Reino Unido, Estados Unidos, China, Brasil, Japão, Coréia do Sul, Austrália, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Rússia, Cingapura e Índia.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA