Phocuswright prevê queda de 59% em reservas na América Latina

|


Antes da pandemia mundial, a América Latina apresentou um crescimento de 0,5% no PIB em 2019 e a expectativa do para 2020 era de um aumento de 1,8%. Em junho deste ano, o Banco Mundial rebaixou sua previsão do PIB latino-americano devido à crise causada pela covid-19, prevendo uma contração econômica de 7,2%. Embora diversas medidas tenham sido implementadas, como a flexibilização das leis trabalhistas e apoio do governo com linhas de crédito, o mercado de viagens continua sendo fortemente impactado.

De acordo com a pesquisaLatin America Travel Market Update 2020 da Phocuswright, as reservas brutas na América Latina caíram mais de 6% em 2018 (US$ 55,5 bilhões) e aumentaram 3% em 2019. Com a pandemia, no entanto, a previsão é de que as reservas brutas na região apresentem uma redução de 59%, com cada país sofrendo quedas de receita que variam de 44% a 63%, incluindo o Brasil, Chile, México e Colômbia.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA