Turismo de vacinação nos Estados Unidos cresce entre latinos

|

Pixabay
A pesquisa mais recente da Forward Keys, que tem dados atualizados e abrangentes de reservas de voos disponíveis, sugere que as pessoas estão viajando para os Estados Unidos para receber uma vacina contra a covid-19. A tendência é mais pronunciada em viagens do Peru e outras partes da América Latina, especialmente para o Arizona, Flórida e Texas.

Em uma análise de bilhetes de avião emitidos até 18 de maio, a Forward Keys revela uma elevação substancial em reservas internacionais para Texas e Flórida, durante a quinzena depois daqueles destinos disponibilizarem vacinas para todos os adultos, incluindo os visitantes.

As reservas de todos os mercados de origem para a Flórida aumentaram de 44% dos níveis de 2019 para 67%. Os principais mercados de origem latino-americana de “pós-vacinação” para a Flórida são Peru, 161% à frente, e Colômbia e Guatemala, ambos com 88% à frente.

Os aumentos mais reveladores foram para o Texas, com reservas de todos os mercados de origem para o Estado aumentando de 58% para 91% comparado aos níveis de 2019. Já as reservas da América Latina para o Texas dispararam de 180% para 330%, sendo que as reservas do Peru estão 684% à frente dos níveis de 2019, seguido pela Costa Rica, 338% à frente, e do México, 317% à frente.

Já as reservas da América Latina para o Arizona dispararam de 126% dos níveis de 2019 para mais de 220%. O Arizona viu fortes aumentos nas reservas de voos - do Peru 166% à frente dos níveis de 2019, do Equador 135% à frente e do México 129% à frente.
Divulgação
A análise das viagens "pós-vacinação" revela que houve um aumento nas reservas para estadas curtas (1-3 noites), particularmente no Texas, e um aumento ainda maior nas estadas longas (média de 22 noites), particularmente na Flórida e Arizona, onde a proporção de visitas superiores a três semanas mais do que dobrou. Isso seria consistente com pessoas voando apenas para receber a vacina e também combinando a vacina com férias prolongadas.

“À medida que a pandemia avança, estamos vendo como a vacinação está intimamente ligada ao renascimento do Turismo. No mês passado, vimos países como Grécia e Islândia, que se declararam abertos a visitantes vacinados, ganhando muito mais reservas do que destinos concorrentes. Neste mês, estamos vendo o surgimento do que poderia ser chamado de Turismo de vacinação, que é a viagem a um destino específico para receber a vacina”, explicou o VP de Insights da Forward Keys, Olivier Ponti.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA