Uber estuda demitir 20% dos funcionários e perde líder de tecnologia

|

Divulgação
Decisão teria influência da queda no faturamento da empresa
Decisão teria influência da queda no faturamento da empresa
A crise gerada pela evolução do coronavírus segue afetando indústrias e empresas em todo o mundo e uma das grandes marcas no serviço de transporte também tem sente os efeitos. O aplicativo Uber está analisando um plano de contingência e pode cortar 20% de sua força de trabalho ao redor do mundo. A informação foi antecipada pelo portal Canal Tech, que também noticiou a saída do diretor de Tecnologia da companhia, Thuan Pham.

A decisão de demitir um quinto dos trabalhadores ainda não foi sacramentada. Entretanto, caso seja confirmada, já terai validade a partir das próximas semanas.

O portal ainda aponta que o corte serve como uma resposta a uma queda de mais de 70% nas corridas em todo o mundo, um reflexo direto do isolamento social que faz parte das medidas contra o novo coronavírus. Com a diminuição nas viagens, o faturamento da companhia pode estar passando por uma redução de 80% em relação ao mesmo período do ano passado.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA