MTur busca parcerias com instituições de ensino na área de qualificação

|


Embratur
Ministro Gilson Machado
Ministro Gilson Machado
O Ministério do Turismo abriu ontem (21) o prazo para que instituições de ensino públicas, privadas e do Sistema S se tornem parceiras da Pasta na oferta de cursos de capacitação para o setor turístico. A iniciativa tem o objetivo de disponibilizar a trabalhadores do ramo formações a distância em idiomas estrangeiros, Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) e boas práticas em questões associadas à biossegurança. As inscrições seguem até 1º de novembro.

Se inscreva aqui. Veja o edital aqui.

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, destacou a importância da iniciativa para o aprimoramento do setor no momento de retomada. “Precisamos ampliar o leque de opções para que os nossos trabalhadores aprimorem os seus conhecimentos e apliquem eles em nosso setor. Temos a consciência de que um trabalhador qualificado resulta em uma maior atividade turística e, consequentemente, na geração de emprego e renda para o país. Instituições de ensino, venham participar conosco da capacitação e transformação do nosso setor”, comentou.

Para participar, as instituições de ensino deverão obedecer a alguns critérios, como fornecer breve relato da temática para cada curso inscrito, apresentar declaração de idoneidade e comprovar a inexistência de débitos ou irregularidades em outras parcerias celebradas com órgãos ou entidades da Administração Pública Federal. Os interessados poderão cadastrar mais de um curso, desde que o conteúdo seja diferente e que a capacitação possua carga horária igual ou superior a 20 horas/aula.

A parceria não envolverá a disponibilização de recursos por parte do MTur. No entanto, a Pasta prestará todo o apoio necessário e divulgará os cursos disponibilizados pelas instituições em suas mídias. O Ministério do Turismo também vai fornecer sua logomarca para a promoção das capacitações, e haverá, ainda, a participação de representantes do órgão em solenidades e eventos de formação ou conclusão de aulas, sempre que possível.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA