Nova York limita licenças para aplicativos tipo Uber por um ano | Transporte | PANROTAS
TRANSPORTE

Nova York limita licenças para aplicativos tipo Uber por um ano

Divulgação/Uber
Na última quarta-feira (8), a cidade de Nova York aprovou algumas medidas em relação a aplicativos como o Uber e outros semelhantes que também oferecem serviços de compartilhamento de corridas. Entre elas, está a limitação de emissão de novas licenças para motoristas pelos próximos 12 meses, com exceção daqueles que possuem carros adaptados a cadeirantes.

"Não estamos reduzindo o número de licenças ou de veículos na rua, estamos pausando o número de novas licenças em uma indústria que tem permitido a proliferação sem comprovações ou regulamentações apropriadas", declarou o vereador Corey Johnson, um dos principais defensores da lei.

Entre as medidas, também está o estabelecimento de um pagamento mínimo para os motoristas, que deve ser regulado pela Comissão de Táxis e Limousines (TLC). O valor recomendado é de US$ 17,22 por hora, superior ao salário mínimo de Nova York, que é de US$ 15 por hora.

Com cerca de 8,5 milhões de habitantes, Nova York é a primeira grande cidade dos Estados Unidos a aprovar medidas desse tipo. Lá, cerca de 80 mil pessoas trabalham como motoristas contratados por aplicativos.


*Fonte: Skift

conteúdo original: https://bit.ly/2KF844J
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA