Buser anuncia investimento R$ 100 milhões em Minas Gerais

|


Divulgação
A startup de tecnologia Buser segue investindo na expansão de seus serviços. Depois de lançar esta semana um marketplace comercializando viagens de linhas convencionais, a empresa agora anunciou o investimento de R$ 100 milhões no Estado de Minas Gerais. O aporte será feito ao longo deste ano e vem em contrapartida a um decreto do governo que, na prática, libera a circulação de ônibus fretados via aplicativos colaborativos.

A divisão dos R$ 100 milhões se dará da seguinte forma: R$ 15 milhões em infraestrutura de pontos de embarque e desembarque; R$ 25 milhões em financiamentos de veículos e capital de giro para os fretadores parceiros; R$ 20 milhões em itens tecnológicos de segurança, obrigatórios para a frota de parceiros Buser; R$ 20 milhões em ações de divulgação e educação dos consumidores quanto à nova alternativa de transporte; e R$ 20 milhões em descontos e gratuidades para usuários testarem e se adaptarem às tecnologias oferecidas pela Buser.

Marcelo Abritta e Marcelo Vasconcellos, fundadores da startup anunciaram a medida após a publicação do decreto do governador Romeu Zema (Novo). O decreto em questão acaba com a obrigatoriedade da realização do chamado circuito fechado para as viagens fretadas, e também da necessidade de que as listas de passageiros sejam divulgadas para os órgãos de fiscalização com muita antecedência.

“Essa é uma maneira de retribuirmos Minas Gerais, fomentando a economia e contribuindo com a geração de emprego e renda, tão necessárias ao nosso estado”, afirmou Abritta.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA