Empresa rodoviária alemã chega ao Brasil em dezembro

|

Divulgação
Brasil é o primeiro mercado da Flixbus na América do Sul
Brasil é o primeiro mercado da Flixbus na América do Sul
Com onze anos de atuação, a empresa rodoviária alemã Flixbus está prestes a chegar ao Brasil, que se tornará o primeiro mercado da América do Sul para a companhia, presente em 35 países e 2,5 mil destinos. Com a probabilidade de início em dezembro, a Flixbus estreará suas operações por aqui, inicialmente "integrando cidades importantes do Sul e Sudeste", de acordo com o head de Vendas para o Brasil, Emerson Sanglard (ex-Copa Airlines). Inicialmente, o foco será operar em capitais para depois desdobrar para cidades menores. A expectativa da empresa é chegar ao Nordeste até o final do primeiro semestre de 2022.

De acordo com Sanglard, recentemente a empresa alemã recebeu um aporte de 650 milhões de euros, dos quais 100 milhões serão dedicados para iniciar a operação no Brasil. O executivo explicou que a Flixbus opera em parceria com frotas de ônibus e viações já existentes, focando sua operação na parte de marketing, vendas, planejamento, infraestrutura tecnológica, precificação e atendimento ao cliente; enquanto a empresa parceira será responsável pela parte operacional, como veículos, motoristas e manutenção dos ônibus. Devido a esse modelo de negócio, Sanglard promete uma expansão rápida em 365 dias de operação e um considerável market share em questão de dois anos.

"Esse modelo de parceria permite crescer de forma rápida porque basta um contrato e uma adaptação tecnológica e de marca dos ônibus", explicou. Apesar dos ônibus não serem próprios da empresa, Sanglard explicou que o cliente terá contato com a marca em toda a sua trajetória, desde a compra até o embarque nos veículos personalizados com a marca. Serão quatro canais de contato para clientes comprar a passagem: site, aplicativo, agências de viagens e rodoviárias.

No caso das agências de viagens, haverá uma plataforma no site dedicada aos agentes em que podem realizar a gestão financeira e operacional e emitir passagens para o Brasil, Europa e Estados Unidos, além de outras regiões que a Flixbus opera; sendo que em outros locais a empresa opera os modais de trem e carro também. Sanglard explicou que essa possibilidade permitirá ao agente montar pacotes tanto para viagens domésticas quanto internacionais.

Para mais informações, contate o executivo pelo e-mail emerson.sanglard@flixbus.com ou o gerente de Vendas para o Brasil, Henrique Holanda, pelo e-mail henrique.holanda@flixbus.com.

PANROTAS / Filip Calixto
José Soares, gerente de projetos internacionais da Flixbus, entre Emerson Sanglard e Henrique Holanda, responsáveis pela operação no Brasil
José Soares, gerente de projetos internacionais da Flixbus, entre Emerson Sanglard e Henrique Holanda, responsáveis pela operação no Brasil
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA