AGÊNCIAS DE VIAGENS

MSC Cruzeiros pagou R$ 103 milhões de comissão a agentes em 2018/19


Alex Souza
Achille Staiano, vice-presidente global da Vendas da MSC Cruzeiros, e Ignacio Palacios, diretor de Vendas e Revenue no Brasil
Achille Staiano, vice-presidente global da Vendas da MSC Cruzeiros, e Ignacio Palacios, diretor de Vendas e Revenue no Brasil

HAMBURGO (ALEMANHA) - Na temporada em que aumentou a oferta ao mercado brasileiro em 40% (2018/2019), a MSC Cruzeiros pagou R$ 103 milhões em comissão às agências de viagens, responsáveis por mais de 90% das suas vendas no País.

O crescimento da oferta na temporada atual foi de 15% e para a próxima será de 14%, o equivalente a 133 mil cabines à disposição dos cruzeiristas.

"Há uma pressão do escritório brasileiro da MSC pelo aumento da oferta e ela só é possível graças ao suporte dos agentes", salienta o vice-presidente global da Vendas da companhia, Achille Staiano. "Os custos para a operação no Brasil são elevados, há entraves de infraestrutura, mas estamos sempre dispostos a trabalhar com as autoridades", complementa.

"A relação da MSC com as agências é histórica e baseada no respeito, no crescimento mútuo", finalizou o diretor em encontro com a imprensa no cruzeiro inaugural do MSC Grandiosa, na Alemanha.

O Portal PANROTAS viaja a convite da MSC Cruzeiros

ALEX SOUZA, especial para o Portal PANROTAS

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA