Brasil contém expansão de tráfego aéreo na AL em julho

|

O tráfego aéreo internacional de passageiros cresceu 5,3% em julho, na comparação com o mesmo período do ano passado. O resultado é apontado pela Iata nas estatísticas referentes ao último mês de julho, período em que a oferta cresceu exatamente o mesmo, 5,3%, com a ocupação média de 82,3%. “Julho foi outro mês de forte crescimento para as viagens aéreas. As pessoas estão se conectando por via aérea em números recordes, uma verdade em todas as regiões do planeta”, diz o CEO da Iata, Tony Tyler.

Em julho, as companhias aéreas da América Latina reportaram crescimento de 6,7%, segunda maior expansão regional, atrás apenas do Oriente Médio, com crescimento de 9,2%. As aéreas latino-americanas aumentaram em 6,6% a oferta, mantendo em 82,5% a ocupação média. “O robusto crescimento econômico da Colômbia, Peru e Chile foi algo ofuscado pela fraca performance do Brasil”, diz a Iata. No recorte regional do Brasil, o aumento da demanda foi de 0,7%, enquanto a oferta foi reduzida em 3%, na comparação com julho de 2013. Como resultado, a ocupação média dos voos foi de 81,9%.

Na América do Norte, a demanda cresceu 2,9%, o menor índice entre todas as regiões. Na Europa, a expansão foi de 5,3% e na região da Ásia/Pacífico, de 5,6%. Na África, o fluxo de passageiros aumentou 4,9%. As melhores ocupações médias foram registradas entre as aéreas da Europa e da América do Norte, ambas regiões com índice de 85,1%. Analisados separadamente, os Estados Unidos tiveram aumento de tráfego de 3,9%, a China, de 8,8%, e a Rússia, de 9,9%.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA