Greve da Air France não deve afetar voos do Brasil; veja

|

Netto Moreira
A Air France confirmou para amanhã o início da greve dos pilotos. O período de paralisação deve se estender até dia 14 de junho, próxima terça-feira. A companhia informa que todos os voos de e para o Brasil estão confirmados, mas sinaliza que pode haver cancelamentos de última hora e atrasos. Segundo a companhia, neste momento três voos de longa distância estão cancelados, todos para ásia: Osaka, Hong-Kong e uma de suas duas frequências para Tóquio.

Para este sábado, quando tem início a greve, a companhia afirma que deverá operar todas as frequências de e para o Brasil, mais de 90% de seus voos de longa distância, 90% dos voos domésticos e cerca de 75% das rotas de média distância de/para o aeroporto Paris-Charles de Gaulle. Cerca de 25% dos pilotos devem aderir a greve. Para os dias seguintes, dependendo do número estimado de pilotos que adotarem a paralisação, os horários de voos serão adaptados e publicados no site da companhia.

Em caso de cancelamento ou atraso, a Air France oferece o serviço AF Connect, para informar diretamente aos clientes em seus celulares, smartphones ou via e-mail usando os contatos pessoais fornecidos na hora da compra do bilhete. O serviço AF Connect está disponível em 13 idiomas para todos os passageiros.

Como adiar sua viagem

A companhia está oferecendo aos clientes a possibilidade de adiar os voos sem custo extra. Para isso basta entra na seção "Suas Reservas" no site da companhia; pelo telefone 4003 9955 (capitais e regiões metropolitanas) opção 2 ou 0800 888 9955 (demais localidades) opção 2; pelo Twitter usando a hashtag #AirFrance; ou na página da Air France no Facebook. Para os clientes que tiverem voos cancelados, o ticket será totalmente reembolsado.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA