Azul anuncia reciclagem para todos os produtos de bordo

|

A.Doumenjou/Master Films
A Azul expande seu programa Reciclazul, de reciclagem de produtos servidos a bordo. Renomeado para Reciclazul Total, a nova fase do projeto promete reciclar todos os materiais possíveis utilizados no atendimento ao cliente, incluindo embalagens de snacks servidas aos passageiros. Anteriormente, apenas as latinhas de refrigerante passavam pelo processo.

A coleta continuará ocorrendo nos voos domésticos dos aeroportos de São Paulo (Viracopos, em Campinas, e Guarulhos) e de Recife, e em breve será introduzido também no de Belo Horizonte.

Com o início do Reciclazul Total, a expectativa da companhia é aumentar em quatro vezes o volume coletado hoje, chegando a mais de três toneladas de resíduos por mês. O programa iniciado em 2014 já coletou, segundo a empresa, mais de 20 toneladas somente em latas de alumínio.

COMO FUNCIONA?
Segundo a aérea, ao fim do serviço de bordo, os comissários passarão pelo corredor das aeronaves com dois sacos plásticos: um amarelo, para as latas de refrigerante, e um azul, para os demais resíduos, como embalagens plásticas. Haverá também um terceiro saco plástico, preto, para os resíduos não recicláveis.

"Essa é uma importante novidade no processo e carrega o DNA da nossa empresa, sobretudo no que diz respeito à inovação. É uma ação exclusiva da Azul no Brasil entre companhias aéreas, e representa o respeito com o meio ambiente, além de trazer ganhos importantes para a população das cidades onde temos o Reciclazul Total", destaca o vice-presidente de Clientes da Azul, Sami Foguel.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA