Conheça o novo time de Vendas da Latam Brasil; fotos

|

Emerson Souza
Igor Miranda e parte de sua equipe
Igor Miranda e parte de sua equipe

Nova companhia, nova estrutura. Desde 2 de maio, com a chegada de Jerome Cadier na presidência da Latam Airlines Brasil, a empresa conta com uma nova estrutura de Vendas. A unificação de setores foi pensada para dar alinhamento à estratégia low cost de voar com tarifas mais baratas e o serviço de bordo pago, que deve entrar no ar entre a próxima semana e a seguinte em voos domésticos.

O encarregado de liderar essa equipe é Igor Miranda. Anteriormente diretor de Vendas Indiretas, ele assumiu há cerca de dois meses a função de diretor de Vendas Indiretas, Marketing e E-commerce e trabalha diretamente com 250 funcionários.

O jeito de trabalhar remodelado está atrelado a um novo ambiente. Agora, os colaboradores se dividem em 17 andares de um prédio localizado no bairro Chácara Santo Antônio, na Zona Sul de São Paulo. Essa integração é encarada como positiva pelos colaboradores.

“Essa reestruturação tem sido interessante para nós. A integração de diretorias tem nos permitido ter uma visão estratégica mais ampla, pois conseguimos olhar com mais atenção para os segmentos corporativo, que é muito importante para nós, lazer e também para a fidelização do nosso cliente, por meio do nosso programa de fidelidade”, disse ele em entrevista exclusiva ao Portal PANROTAS.

O modelo de voo da Latam Airlines se traduz na segmentação de um produto a fim de atender às necessidades dos mais diversos perfis de clientes. Em um cenário no qual a aviação brasileira volta, aos poucos, a retomar o aumento de demanda e as companhias aéreas retornam com novas rotas e aumento frequências, é preciso saber comunicar o consumidor com clareza para não deixar dúvidas sobre as mudanças.

“Temos um desafio grande de dialogarmos com nosso cliente com transparência e educação, que estão muito dentro da nossa estratégia. Nós queremos primeiro educar o passageiro para depois pensar na venda como receita. A relação custo-benefício é clara e o consumidor se sente mais respeito. Ele é, literalmente, mais dono da sua jornada”, refletiu.

Conheça a equipe de Igor Miranda abaixo:
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA