Latam anuncia Fortaleza-Orlando e Salvador-Miami; confira | Aeroportos | PANROTAS
AEROPORTOS

Latam anuncia Fortaleza-Orlando e Salvador-Miami; confira

Divulgação / Latam Travel
A Latam segue investindo no Nordeste. A grande novidade da vez é Fortaleza, que ganhará uma rota regular para Orlando, nos Estados Unidos, além de mais operações para Miami.

A aérea brasileira vai iniciar o novo trecho a partir de 5 de julho, com dois voos por semana na rota Fortaleza-Orlando-Fortaleza, a bordo de um B767, que acomoda 220 passageiros em classe econômica e 18 na executiva; Miami, por sua vez, terá uma segunda frequência semanal, a partir de 2 de maio de 2018. A rota Fortaleza-Miami-Fortaleza também é realizada com um Boeing 767.

SALVADOR
Quem também foi agraciada com mais um voo internacional foi Salvador. A partir de 29 de abril, a Latam informa que vai operar uma vez por semana na rota Salvador-Miami-Salvador com o Boeing 767. Além disso, a partir de 24 de março de 2018, passará de temporário a definitivo o novo voo JJ8096 (Salvador-Buenos Aires/Ezeiza), operado com o Airbus 320, que acomoda 174 passageiros em classe Economy.

RECIFE
Aumento de frequências para a capital pernambucana. A partir de 30 de abril de 2018 será operado um segundo voo semanal na rota Recife-Miami-Recife, com Boeing 767; em junho de 2018, a companhia também promete uma segunda frequência semanal na rota Recife-Buenos Aires-Recife, que estará disponível para vendas nas próximas semanas.

Emerson Souza
Jerome Cadier, CEO da Latam Brasil
Jerome Cadier, CEO da Latam Brasil
“O Nordeste precisa ser mais do que um simples ponto de conexão com empresas parceiras de outros continentes. Com voos diretos próprios, vamos aproximar ainda mais a região de outros destinos no mundo”, afirma o CEO da Latam Airlines Brasil, Jerome Cadier. “Seguiremos nos esforçando junto aos governos estaduais para criar mercados rentáveis e sustentáveis. Nossos novos voos diretos representam apenas o início de negociações para outros futuros investimentos na região.”
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA