Zika: OMS recomenda que grávidas evitem o Rio

|

Divulgação
A Organização Mundial da Saúde (OMS) emitiu um comunicado recomendando que mulheres grávidas, de todo o mundo, evitem viajar para o Rio de Janeiro, palco da Olimpíada. O motivo é a possível contaminação pelo zika vírus.

O boletim liberado pela organização diz que, “mulheres grávidas continuam a ser aconselhadas a não viajar a áreas de contínua transmissão de zika. E isso inclui o Rio de Janeiro". Esta é a primeira vez em que a entidade emite um comunicado que envolve a cidade sede dos Jogos Olímpicos.

A organização ainda faz uma série de recomendações aos que vierem à cidade para acompanhar os jogos, como consultar médicos antes de viajar, uso de roupas de manga longa e sugere ainda que os visitante prefiram locais com ar-condicionado.

Segundo o último boletim epidemiológico emitido pela OMS, na quinta-feira (12), 28 países já registram a presença do zika vírus. A maioria registrou a presença do vírus pela primeira vez em 2015. No Brasil, o primeiro caso da doença foi registrado em maio do ano passado.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA