Gastos de estrangeiros no Brasil cresceram 3% em 2016

|

Dreamstime
Os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro impediram que houvesse uma queda na receita cambial do Brasil com o Turismo em 2016. Durante o ano, o valor gasto pelos estrangeiros por aqui chegou a pouco mais de US$ 6 bilhões, valor apenas 3% maior que os US$ 5,8 bilhões de 2015, segundo divulgou o Banco Central.

Somente agosto, mês de realização dos Jogos, concentrou 38% de crescimento, com receita de R$ 602 milhões. Foi o maior percentual no ano, contrastando com o mês de dezembro, quando houve uma queda de 23,7% nos gastos dos estrangeiros no País.

A preocupação com os futuros resultados em anos sem grandes eventos foi admita pelo MTur. “O Turismo tem tudo para ajudar o Brasil a enfrentar a crise, gerando emprego e renda, mas para isso, é preciso promover alguns ajustes no ambiente de negócios e investir em divulgação dos nossos destinos”, comentou o ministro Marx Beltrão, em nota publicada pelo órgão.

Com os números de 2016, o saldo entre a receita obtida pelo Brasil com os estrangeiros e os gastos dos brasileiros no Exterior foi negativo em US$ 8,4 bilhões. O menor valor em seis anos, segundo os dados divulgados pelo BC.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA