Fitur quebra recordes em edição de 2018; veja números

|

Henrique Santiago
Ao todo, oito pavilhões foram utilizados para a exposição de marcas
Ao todo, oito pavilhões foram utilizados para a exposição de marcas

A Feira Internacional de Madri (Fitur) foi encerrada no último domingo (21) com os melhores números em suas 38 edições. As primeiras estimativas apontam que a feira recebeu, dos dias 17 a 21, um total de 251 mil participantes entre membros da indústria de viagens e consumidores, alta de 2,5% quando comparado com o ano anterior.

Nos três primeiros dias, os visitantes do trade corresponderam a 140 mil profissionais de todo o mundo (+3%). O movimento de pessoas pela cidade gerou um impacto econômico de 260 milhões de euros, algo próximo de R$ 1 bilhão.

A programação destinada aos compradores internacionais gerou mais de 6,8 mil encontros de negócios e mais de 38 mil pedidos on-line de encontros. Esse número não contabiliza as reuniões bilaterais nos estandes.

Cada vez mais internacional, a Fitur registrou a maior alta de visitantes de outros países (+13%), respondendo a mais de 54% do público total. As regiões que lideram esse incremento são: África (+21%), Ásia-Pacífico (+19%) e Europa (+15%).

A área de piso utilizável ultrapassou os 65 mil metros quadrados (+5%). Ainda, os estandes cresceram 8% e chegaram a 816 espaços no total. Mais de dez mil empresas e organizações de 165 países compareceram à feira.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA