CEO da Disney se retira do conselho de Trump; entenda

|


Reprodução/Twitter
Bob Iger, CEO da Disney
Bob Iger, CEO da Disney

Descontente com a decisão do presidente Donald Trump de deixar o Acordo de Paris, o CEO da Disney, Bob Iger, deixou o Conselho Consultivo da Casa Branca.

"Levando em conta os meus princípios, eu renunciei do Conselho do Presidente pela sua retirada do Acordo de Paris", anunciou Iger em sua conta no Twitter. "Proteger nosso planeta e conduzir o crescimento econômico é essencial ao nosso futuro e não são coisas que precisam caminhar separadas. Discordo profundamente da decisão", continuou em anúncio oficial pela Disney.

O empreendedor Elon Musk, de Tesla, Space X, Paypal e outras empresas, seguiu o mesmo caminho do CEO da Disney.

Assinado em 2015 durante a gestão Barack Obama, o acordo prevê que os 195 países envolvidos trabalhem para que o aquecimento dos níveis pré-industriais fiquei abaixo de 2ºC, limitando a temperatura em 1,5ºC.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA