Airbnb caminha para ser 4ª maior OTA do mundo

|

Diego Verticchio
Há tempos que o Airbnb pode ser considerado um gigante do ramo hoteleiro. Levantamentos recentes projetam que a companhia tenha atingido os US$ 7 bilhões de receita bruta em 2015. Prestes a abrir uma rodada de investimentos avaliada em US$ 30 bilhões, a Phocuswright fez uma análise sobre a representatividade da empresa no mercado mundial. Atualmente, figura como a terceira maior do mundo como vendedora de acomodação on-line.

A projeção realizada pela coloca a companhia de economia compartilhada em pé de igualdade com concorrentes globais como o chinês Ctrip, a "Expedia asiática", e o japonês Rakuten. E ainda vai além: “dado o rápido crescimento da plataforma, o Airbnb certamente passará ambos em 2016”, afirmou o pesquisador Douglas Quinby no artigo.

Os resultados passados são tão promissores que Quinby afirma que o Airbnb não irá demorar para ganhar o mercado europeu. “O Airbnb está chegando no calcanhar do Expedia na Europa, em termos de reservas de acomodações. Se o crescimento continuar na mesma toada na Europa, o poderá ultrapassar a Expedia no mercado de acomodações ainda em 2017.”

Se analisados apenas os resultados de reservas brutas para acomodações, o Phocuswright coloca o Airbnb como a quarta maior OTA do mundo em em 2016, ultrapassando a plataforma da Edreams Odigeo, operada pela Booking.com.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA