Rede Blue Tree projeta ocupação 6% maior para este ano

|

Emerson Souza
A fundadora da rede Blue Tree, Chieko Aoki
A fundadora da rede Blue Tree, Chieko Aoki
Com o olhar voltado à carteira de clientes, a rede Blue Tree espera para esse ano um crescimento de 6% na ocupação, com foco na modernização dos hotéis e na qualidade dos serviços.

"Nosso objetivo é investir em tecnologia para atividades burocráticas, permitindo que a equipe dedique o tempo aos clientes, que cada vez mais exigem qualidade, velocidade e diferenciais no atendimento", explica a presidente da rede Blue Tree, Chieko Aoki.

Outro movimento importante da rede nesse ano será a abertura do Blue Tree Premium Ribeirão Preto (SP), que iniciará as operações em abril. O empreendimento terá 315 apartamentos e oito salas de eventos com capacidade para 630 pessoas. Com esta unidade somada às de Bauru e ao resort de águas termais em Lins (SP), a rede fortalece a presença na região Sudeste.

No último ano, a Blue Tree inaugurou cinco hotéis e chegou a capitais e cidades como Brasília, Rio de Janeiro, Alphaville (SP), Guarujá (SP) e Valinhos (SP). Ao todo, os novos empreendimentos somaram 1.004 apartamentos ao portfólio da rede e responderam por um incremento de 22% na capacidade operacional.

"Tivemos momentos gratificantes, que colocaram a rede na contramão do mercado. Passamos por uma conjuntura econômica e política delicada, mas não medimos esforços para superar a turbulência da melhor forma possível e os números já demonstram que estamos preparados", declara Chieko.

Segundo recente pesquisa divulgada pela Abracorp, que avalia o desempenho das redes e hotéis independentes, em 2016, a rede Blue Tree cresceu em número de diárias, à taxa de 0,4%, alcançando 213,6 mil.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA