Movida

Victor Fernandes   |   22/09/2017 11:31

Chef quer a retirada de seu restaurante do Guia Michelin

O pedido é devido a uma grande pressão de ser julgado a cada prato que serve.

Divulgação Bras
O aclamado chef francês Sébastien Bras (foto) pediu para que seu restaurante, o Le Suquet, não esteja mais presente no Guia Michelin e outros rankings gastronômicos. O pedido é devido a uma grande pressão de ser julgado a cada prato que serve.

O restaurante em Laguiole, comuna no centro-sul da França, recebe a classificação máxima do Guia Michelin desde 1999. E, apesar de ser gratificante, a boa fama de seu restaurante se tornou motivo de estresse e preocupação ao chef.

"Somos avaliados duas ou três vezes por ano e nunca sabemos quando. Isso significa que, diariamente, uma das 500 refeições que saem da cozinha pode ser avaliada”, relatou o chef à AFP.

Bras também afirmou que sua decisão pode reduzir sua fama, mas que ele aceita isso, e aos 46 anos de idade quer “dar um novo sentido à vida e redefinir o que é essencial”.

"Respeitamos a decisão", disse a membro do comitê executivo da Michelin, Claire Clauzel. Contudo, a exclusão da lista não será imediata e terá de ser avaliada, já que o guia é para os clientes e não para os restaurantes.


*Fonte: The Guardian e AFP

conteúdo original: http://bit.ly/2flm9uw e http://bit.ly/2w9HB93

Tópicos relacionados

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

Mais notícias