Com oferta de ações, Unidas pode levantar até R$ 1,05 bi

|

A Unidas divulgou hoje ao mercado um prospecto preliminar de sua oferta pública de ações inicial (IPO), no qual a companhia planeja distribuir, em um primeiro momento, 46.192.813 ações ordinárias.

De acordo com o documento, a empresa estima que o preço por ação deve ficar entre R$ 15,15 e R$ 18,71, o que projeta um valor entre R$ 699,3 milhões e R$ 864,2 milhões para a companhia.

Além disso, a Unidas acrescenta no prospecto que a quantidade de ações pode ser acrescida em até 7,1% do total de ações inicialmente ofertadas - ou seja, em até 3.300.330 ações ordinárias - e também com um lote suplementar de até 15% - ou até 6.928.922 ações ordinárias. Com os dois lotes, o valor total levantado pela companhia pode chegar a R$ 1,05 bilhão.

Os acionistas da operação são os fundos de investimento Gif, Kinea I, Kinea II, Principal e Vinci, além de pessoas físicas. O Itaú BBA é o coordenador líder da oferta.

De acordo com o cronograma do prospecto, o ínicio do procedimento de bookbuilding vai de hoje até 9 de fevereiro, data na qual o preço por ação será fixado. A concessão do registro da oferta pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) deve acontecer em 10 de fevereiro. O início de negociação das ações no segmento do Novo Mercado da BM&FBOVESPA está marcado para 13 de fevereiro.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA