TURISMO

Chegada de brasileiros aos EUA cai 14% em janeiro

Divulgação/ JFK Airport
Aeroporto JFK, em Nova York. A cidade teve queda brusca na chegada de visitantes internacionais
Aeroporto JFK, em Nova York. A cidade teve queda brusca na chegada de visitantes internacionais
Após uma prévia que indicou queda de 23% na chegada de brasileiros aos Estados Unidos em 2016, o ano atual começou com outra notícia ruim no indicador, recém-divulgado pelo Escritório Nacional de Viagens e Turismo do país: uma retração de 13,9% em janeiro deste ano sobre o mesmo mês de 2016, quando ja havia sido observada uma queda de 22% sobre 2015.

Ao todo, foram 166,4 mil brasileiros chegando aos Estados Unidos no mês de janeiro nos números preliminares (sujeitos a revisão) divulgados ontem (2). O único país que teve uma queda maior no número de visitantes enviados foi a Venezuela, que caiu 15,8%. Por outro lado, China (+16,6%) e Espanha (+13,7%) tiveram as maiores altas.

Em números absolutos, o México continua sendo o principal emissor de turistas, totalizando 1,54 milhão (+2,4% sobre janeiro de 2016), seguido pelo Canadá, com 1,47 milhão (+ 8,6%). Ambos estão bem à frente da China, que enviou 339,7 mil. O Brasil é o sétimo da lista.

Ao todo, 5,6 milhões de não-residentes chegaram aos Estados Unidos em janeiro deste ano, o que representou uma leve alta de 1,7% sobre o mesmo mês de 2016;

LOCAIS DE CHEGADA
Miami foi a principal porta de entrada para os Estados Unidos entre os aeroportos, com 401 mil passageiros chegando. Número que representou estabilidade em relação a janeiro do ano passado. Segundo colocada, Los Angeles teve 315,9 mil e também números estáveis.

A surpresa ficou por conta da queda de Nova York, terceira colocada na lista, com 16% menos visitantes chegando em janeiro, totalizando 306 mil. Atlanta, com apenas 55 mil, teve a maior retração de 32%, enquanto Orlando teve queda de 20% e totalizou 94,7 mil.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA