"Mais segura", Natal terá voos fretados para Amsterdã

|

MADRI – A crise na segurança que assolou o Rio Grande do Norte no fim de 2017 parece ter sido controlada. Ao menos é o que indica o secretário de Turismo, Ruy Gaspar. O mandatário potiguar abordou na 38ª Fitur a violência causada pela greve de policiais, mas garante que a situação está normalizada.

Aliás, segundo ele, a presença do Exército Brasileiro e o retorno das polícias civil e militar fizeram de Natal “uma das cidades mais seguras do Brasil”. Mesmo com a normalização do problema, Gaspar declara que o Estado tem perdido e muito com reservas para os próximos meses.

“Em dezembro houve alguns cancelamentos pontuais, mas as vendas futuras despencaram nos 90 a 120 dias seguintes”, afirmou, garantindo mais uma vez a segurança do destino potiguar para receber visitantes do Brasil e mundo.

Henrique Santiago
Na última semana, a secretaria concretizou um acordo com a Corendon e, a partir de novembro, ainda sem data definida, a transportadora realizará dois voos fretados por semana entre Amsterdã e Natal até o fim de abril de 2019. O equipamento utilizado na rota será um Boeing 737-800.

Para divulgar o serviço, o Estado contribuirá com US$ 200 mil e a Associação Brasileira de Hotéis (ABIH) com mais US$ 100 mil. “O retorno que teremos com esse voo será de 11 milhões de euros com a chegada desses turistas”, previu.

O hub da Latam Airlines Brasil no Nordeste, uma promessa feita para meados de 2016, ainda está longe de ter uma conclusão. Para Gaspar, após a instalação da Azul no Recife e da Gol e Air France-KLM em Fortaleza, as duas capitais nessa disputa, só “restou Natal como opção” para a transportadora concorrente. Mas ele admite que as conversas não são feitas há um bom tempo.

Em seu último ano como secretário de Turismo, como frisou, ele diz que está na tentativa de captar novos voos desde Madri até a capital do Rio Grande do Norte.

O Portal PANROTAS é media partner da Fitur Madri, e viaja com proteção GTA.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA