Hábitos sustentáveis em viagens crescem entre brasileiros

|

Pixabay
A preocupação com novos hábitos mais sustentáveis em relação às viagens tem crescido entre os brasileiros. É o que aponta o Relatório Global de Viagens Sustentáveis, realizado pela Booking.com. De acordo com o estudo, pelo menos 83% dos viajantes brasileiros demonstraram a intenção de fazer ao menos uma viagem sustentável este ano. Em 2016, 32% dos viajantes afirmaram ter realizado esse tipo de viagem.

O estudo também aponta que 83% dos brasileiros demonstraram ter mais chances de escolher uma acomodação ao saber que ela é ecologicamente correta – ficando atrás somente dos chineses (93%). Além disso, 91% dos turistas brasileiros avaliam que as escolhas sustentáveis também estão relacionadas ao meio de transporte utilizado durante as viagens. Nesse sentido, 48% dos viajantes do País utilizam transporte público sempre que possível, 53% optam pela caminhada ou pela bicicleta e quase um sexto (15%) anda menos de avião para reduzir sua pegada de carbono.

HOSPEDAGEM
Em relação às acomodações, os brasileiros também demonstram preocupação a respeito de ajustes mais sustentáveis. A pesquisa indica que 95% estaria de acordo em se hospedar em uma acomodação com lâmpadas que economizam energia, 96% em uma acomodação onde o ar condicionado/aquecedor funcione apenas com a presença de alguém no quarto e 78% em uma acomodação com chuveiros com baixo fluxo de água.

SIGNIFICADO
Para mais da metade dos entrevistados (65%) pela pesquisa da Booking.com, uma viagem sustentável significa se hospedar em uma acomodação ecologicamente correta. Para mais de um terço, o termo significa conservar água ao reutilizar toalhas e roupas de cama (44%) e conservar o meio ambiente ao reduzir o uso de itens como shampoo, sabonete, escovas de dente e lâminas de barbear (42%).

O relatório também aponta que a viagem sustentável é interpretada como um sinônimo de uma experiência local mais autêntica, uma vez que 40% dos entrevistados acreditam que comprar produtos produzidos na região e apoiar os artesãos locais fazem parte do conceito.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA