Criado em 2003, MTur já teve 8 ministros; confira

|


Emerson Souza
Walfrido dos Mares Guia foi o primeiro a assumir o Ministério do Turismo, em 2003

BRASÍLIA – Instituído como pasta independente em 2003, no primeiro mandato do ex-presidente Lula, o Ministério do Turismo foi assumido pelo ex-ministro Walfrido dos Mares Guia, que até hoje mantém-se como o mais longevo no cargo.

Mares Guia ocupou a pasta entre janeiro de 2003 e março de 2007. O político mineiro buscou profissionais com experiência no setor para formar sua equipe, à época com nomes como o do atual presidente da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), Eduardo Sanovicz, à frente da Embratur. Você lembra dos demais ministros? Confira:

Emerson Souza
Marta Suplicy

Marta Suplicy – Ainda no PT, a hoje senadora Marta Suplicy assumiu o Ministério do Turismo em março de 2007 e permaneceu no cargo pouco mais de um ano, deixando a pasta em junho de 2008. Em meio à crise do setor aéreo, é dela a frase “Relaxa e goza”, sobre o tempo de espera de passageiros nos aeroportos, no auge da crise.

Emerson Souza
Luiz Barretto

Luiz Barretto – Técnico, o ex-ministro do Turismo assumiu a presidência do Sebrae posteriormente. Foi secretário executivo do MTur antes de assumir a pasta, que ocupou entre junho de 2008 e dezembro de 2010, ao final do segundo mandato do ex-presidente Lula.

Emerson Souza
Pedro Novais

Pedro Novais – Foram apenas nove meses no cargo e Novais foi o primeiro ministro a pedir exoneração do cargo. Ele assumiu em janeiros de 2011 e deixou o MTur em setembro do mesmo ano, após denúncias de irregularidades no uso de verbas oficiais quando exercia mandato de deputado federal, do qual se licenciou para assumir a pasta.

Emerson Souza
Gastão Vieira

Gastão Vieira – O maranhense Gastão Vieira assumiu o MTur em setembro de 2011 e comandou a pasta até março de 2014. Em sua gestão, programas como o Viaja Mais Melhor Idade foram retomados e criou-se o Pronatec Turismo. Deixou a pasta para disputar eleição ao governo do Maranhão em 2014, perdendo para o ex-presidente da Embratur Flávio Dino.

Emerson Souza
Vinícius Lages

Vinícius Lages – Em substituição a Gastão Vieira, Lages assumiu o MTur em março de 2014 e deixou a pasta em abril de 2015, quando foi substituído por Henrique Alves. Considerado um ministro “técnico”, Lages participou de inúmeros eventos do setor, aproximando-se do empresariado. Voltou à diretoria do Sebrae, onde havia atuado anteriormente, ao deixar o MTur.

Emerson Souza
Henrique Alves

Henrique Alves – Em seu primeiro mandato à frente do MTur, iniciado em 16 de abril de 2015, Alves ouviu da presidente Dilma Rousseff que o desafio seria “projetar a imagem do turismo brasileiro no mundo, a 477 dias do início dos Jogos Olímpicos”. Alves envolveu-se com as demandas do trade, especialmente em relação à MP 713/16, de redução da alíquota do IRRF
para o setor, e deixou o cargo em 28 de março deste ano, quando o PMDB, seu partido, rompeu com o governo federal.

Agência Brasil
Alessandro Teixeira

Alessandro Teixeira – Dificilmente haverá um titular tão breve na pasta. Teixeira assumiu o MTur em 22 de abril deste ano e deixou o cargo em 12 de maio, quando Michel Temer assumiu interinamente a Presidência da República. Fotos de sua esposa posando como “primeira dama do turismo” em redes sociais deram ao ex-ministro mais repercussão do que o desejado.


Emerson Souza
Henrique Alves

Henrique Alves – Um mês após reassumir o Ministério do Turismo, no governo interino de Michel Temer, denúncias envolvendo o nome de Henrique Alves na Operação Lava Jato e em verbas suspeitas em sua campanha ao governo do Rio Grande do Norte em 2014 levam o ministro a entregar ontem (17) carta de demissão a Temer.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA