A Parada Gay, o Carnaval, o Turismo e a falta de visão

|


Rovena Rosa/Agência Brasil
Parada LGBT São Paulo
Parada LGBT São Paulo

Recentes decisões das prefeituras das duas maiores cidades do País que têm tudo a ver com o Turismo: cortar a verba pública a megaeventos como a Parada Gay em São Paulo e o Carnaval no Rio de Janeiro.

O editor-chefe e CCO da PANROTAS, Artur Andrade, usou seu blog Sem Reserva para traçar uma relação entre a gestão pública, a iniciativa privada e o Turismo. Para ele, o modelo ideal de governo no Brasil seria uma combinação de influências do empresariado e dos políticos, mas, quando se chega ao patamar do Turismo, há ausência de conhecimento de ambos os lados.

"Falta o entendimento de tudo o que o setor gera para a cidade: do ISS aos empregos, da promoção dos destinos à ocupação hoteleira, da venda do ambulante à do comércio…e por aí vai. Colocar em risco a realização de alguns eventos significa, sem dúvida, economia para os cofres públicos; mas a não realização dos mesmos trará prejuízos maiores a um País com eterno potencial turístico e dados pífios de visitação internacional e uso de meios tradicionais, como hotelaria e aviação regular", opinou.

E esse é só o começo da análise. Confira a opinião completa clicando neste link.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA