Na ILTM, Maurice Padovani (Primetour) celebra momento do luxo

|


PANROTAS / Emerson Souza
Maurice Padovani, da Primetour
Maurice Padovani, da Primetour

A Primetour aproveitou a realização da ILTM Latin America 2022 nesta semana para levar uma grande delegação de parceiros de seu programa de ICs (consultores de viagens independentes), inclusive de outros países da América do Sul. Esta é a ocasião perfeita que estes profissionais sintam de perto a força de negociação da operadora de Turismo de luxo, na visão do diretor executivo Maurice Padovani.

"Nosso objetivo número um é gerar networking e negócios e que esse relacionamento se perpetue até o fim do ano. Ao mesmo tempo, para o fornecedor é importante que nos veja em um só lugar", afirma o diretor, que ressalta a importância da ILTM Latin America.

"O Brasil é sobre relacionamento, sobre olho no olho, e o luxo é sobre detalhes. Conhecer e confiar nos fornecedores com quem se trabalha é fundamental e não há lugar melhor para isso do que nas reuniões e nos eventos paralelos da feira de luxo. Portanto, é um grande momento poder ver a ILTM de volta ao Pavilhão da Bienal. Isso mostra que o luxo está com força total."

Segundo Padovani, muita coisa mudou desde o período de isolamento para cá, e os ICs da Primetour saem da feira com a bagagem cheia de informação. Destaque para algumas aberturas hoteleiras, como o Joali Being, novo resort voltado ao bem-estar nas Maldivas. A preocupação com o meio ambiente também nunca foi tão importante para este setor, na visão do executivo.

"É fundamental que as empresas do luxo abracem essa causa. Vimos aqui exemplos como a empresa de transporte Drivania, da Espanha, 100% neutra em carbono; a Soneva das Maldivas eliminando todo plástico de uso único. A Prime também é 100% livre de carbono. Esse é um tema sem volta e impacta todo o setor", afirma Padovani.

O maior desafio vivido pelo Turismo de luxo no momento, em sua concepção, é o apagão de mão de obra que muitas empresas estão enfrentando devido ao calvário da pandemia. "Está todo mundo sofrendo. Temos de alinhar as expectativas dos viajantes mais exigentes para que ele não fique frustrado", pondera o diretor executivo da Primetour.

Entre os produtos mais procurados pelos clientes da Primetour, ele menciono experiências autênticas, como as vividas no Ártico e na Antártica. "Itália, por ter sido um dos últimos países da Europa a abrir aos brasileiros, também está vendendo muito; enquanto França e Portugal seguem em alta", conclui.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA