Copa e Avianca voltam ao Riogaleão, que aumenta voos internacionais

|


Divulgação

O fim de semana marcou o retorno de duas companhias aéreas internacionais ao RIOgaleão. No sábado (17/10), o Aeroporto Internacional Tom Jobim voltou a receber voos regulares da Copa Airlines, vindos do Panamá, e da Avianca, provenientes da Colômbia. As rotas, que estavam suspensas desde o início da pandemia do novo coronavírus, reconectam o Rio de Janeiro a pontos importantes nas Américas, com duas operações semanais de início e com a promessa das empresas de crescer conforme a demanda.

O RIOgaleão está retomando sua malha aérea internacional à medida que as restrições de fronteiras pelo mundo vêm sendo reduzidas. Os voos da Copa Airlines e da Avianca se juntam a outros cinco destinos internacionais retomados no RIOgaleão em de outubro. Atualmente, o Aeroporto Internacional Tom Jobim recebe voos da AirFrance (três frequências semanais para Paris), KLM (quatro frequências semanais para Amsterdã), TAP (quatro frequências semanais para Lisboa e uma frequência semanal para o Porto) e Sky (duas frequências semanais para Santiago).

A previsão para os próximos meses é de que o número de voos internacionais no RIOgaleão chegue a 36 em novembro e 50 em dezembro, o que representará 22% dos destinos operados pelo aeroporto para o Exterior, antes da pandemia de Covid-19.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA